Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Wimbledon confirma cabeças, Djoko será o 12º.
27/06/2018 às 11h46

Djokovic foge dos quatro cabeças até as quartas

Foto: Arquivo

Londres (Inglaterra) - Mesmo perdendo a liderança do ranking nesta segunda-feira, o suíço Roger Federer foi confirmado nesta quarta-feira como o cabeça de chave número 1 em Wimbledon graças ao 'ranking da grama' utilizado pela organização do torneio para designar a ordem dos mais bem cotados na chave.

Os 32 favoritos para a disputa no All England Club são definidos de acordo com o ranking da ATP, mas a versão feita de acordo com os resultados na grama pode mudar a ordem. O croata Marin Cilic, quinto do mundo, e o sérvio Novak Djokovic aparecem entre os grandes beneficiados.

Atual vice, Cilic será o terceiro mais bem cotado no Grand Slam britânico, fugindo assim de duelo contra Federer ou Rafael Nadal antes das semifinais. Já o sérvio saiu da 17ª colocação e virou cabeça 12 e com isso só poderá encarar um dos quatro principais favoritos nas quartas de final.

Um dos últimos a entrar na lista dos favoritos, o canadense Milos Raonic é o que mais sobe quando é computado o 'ranking da grama'. Atual 32 do mundo, ele será o 13º mais bem cotado em Wimbledon. Na contramão está o espanhol Pablo Carreño, que embora seja o 12º do mundo vai figurar como cabeça de chave 23.

Veja a ordem dos cabeças de chave em Wimbledon:

1- Roger Federer (SUI)
2- Rafael Nadal (ESP)
3- Marin Cilic (CRO)
4- Alexander Zverev (ALE)
5- Juan Martin Del Potro (ARG)
6- Grigor Dimitrov (BUL)
7- Dominic Thiem (AUT)
8- Kevin Anderson (AFS)
9- John Isner (EUA)
10- David Goffin (BEL)
11- Sam Querrey (EUA)
12- Novak Djokovic (SER)
13- Milos Raonic (CAN)
14- Roberto Bautista (ESP)
15- Diego Schwartzman (ARG)
16 -Nick Kyrgios (AUS)
17- Borna Coric (CRO)
18- Lucas Pouille (FRA)
19- Jack Sock (EUA)
20- Fabio Fognini (ITA)
21- Pablo Carreño (ESP)
22- Kyle Edmund (GBR)
23- Adrian Mannarino (FRA)
24- Richard Gasquet (FRA)
25- Kei Nishikori (JAP)
26- Hyeon Chung (COR)
27- Philipp Kohlschreiber (ALE)
28- Denis Shapovalov (CAN)
29- Damir Dzumhur (BOS)
30- Filip Krajinovic (SER)
31- Marco Cecchinato (ITA)
32- Fernando Verdasco (ESP)

Comentários