Notícias | Dia a dia
Nadal retoma o número 1 por apenas 50 pontos
25/06/2018 às 07h46

Nadal tem a ponta garantida até 16 de julho

Foto: Arquivo

Miami (EUA) - A derrota do suíço Roger Federer na final do ATP 500 de Halle não impediu apenas que ele conseguisse conquistar pela primeira vez um decacampeonato, mas também o fez deixar escapar a liderança do ranking da ATP. Ele foi ultrapassado pelo espanhol Rafael Nadal, que voltou a ser o número 1 do mundo por uma diferença mínima de apenas 50 pontos.

Em apenas seis meses de temporada já foram seis as mudanças na ponta do ranking. O recorde de trocas da liderança é de 1983, quando o número 1 mudou de mãos dez vezes. Nadal inicia sua 178ª semana no todo da ATP, sendo 18 delas neste ano. Do outro lado, Federer ocupou o porto mais alto por seis semanas em 2018.

Nadal vai garantir pelo menos mais três semanas na liderança, seguindo como o melhor do mundo pelo menos até a lista de 16 de julho. O canhoto de Mallorca defende apenas 180 pontos nas próximas semanas, referentes à campanha de Wimbledon do ano passado, quando não passou das oitavas de final.

Por sua vez, Federer terá que defender o título na grama do All England Club, o que corresponde a 2 mil pontos. Como sua diferença para os demais no ranking é grande, leva quase 3 mil pontos de frente para o alemão Alexander Zverev, o terceiro colocado, dificilmente ele terá a vice-liderança ameaçada nas próximas semanas.

A disputa entre Nadal e Federer pela ponta no segundo semestre dependerá um pouco de como eles sairão de Wimbledon, onde o espanhol pode sair com uma vantagem maior. Ele defende 3.370 pontos neste período da temporada, ao passo que o destro da Basileia defende 3.060.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis