Notícias | Dia a dia
Melo é bicampeão em Halle e conquista seu 30º ATP
24/06/2018 às 14h39

Melo e Kubot defenderam o título conquistado no ano passado

Foto: Reprodução/Twitter

Halle (Alemanha) - Pelo segundo ano seguido, Marcelo Melo e Lukasz Kubot conquistaram o título do ATP 500 de Halle, torneio alemão em quadras de grama. O mineiro e o polonês venceram a final deste domingo contra os irmãos alemães Mischa e Alexander Zverev por 7/6 (7-1) e 6/4.

Este é o trigésimo título de ATP na carreira de Marcelo Melo, dos quais dez foram conquistados ao lado de seu parceiro atual. Em quadras de grama, os dois já venceram quatro torneios, com evidente destaque para Wimbledon no ano passado.

Ex-número 1 do mundo, o mineiro de 34 anos aparece atualmente no quarto lugar e disputou a 52ª final de sua carreira. Já o veterano Kubot, que está com 36 anos acumula 22 títulos de ATP em duplas na carreira e atuou em sua 36ª decisão.

Por outro lado, os irmãos Zverev, que também haviam perdido a final de Halle para Melo e Kubot no ano passado, alcançaram quatro finais de ATP e só venceram em Montpellier no ano passado. Mischa ainda tem um título de duplas em Halle em 2008, ao lado do russo Mikhail Youzhny.

A primeira quebra foi dos alemães, ainda no terceiro game, mas devolvida em seguida por Melo e Kubot. O mineiro e o polonês teriam nova oportunidade de quebra no décimo segundo game, mas a parceria da casa conseguiu forçar o tiebreak. Aí Melo e Kubot não deram qualquer chance, marcando 7-1.

Os atuais campeões saíram na frente no segundo set, quebrando para fazer 2/1. Mas aí foi a vez dos adversários devolverem e ficar novamente tudo igual. Até o sétimo game, quando com mais uma quebra, Melo e Kubot seguiram para vencer por 6/4 e comemorar o bi na grama de Halle.

"Foi realmente muito bom. Começamos com chance logo no início, não conseguimos, aí eles passaram um break a frente. Mas mantivemos a calma para pegar, logo depois, o break de volta. No tie break fomos bem superiores, jogamos muito bem, o que deu confiança para o segundo set. Jogamos bem de novo, como tínhamos de jogar, muito sólidos e isso foi muito bom. Aproveitamos a confiança do torneio inteiro para essa final", comemorou Melo.

"Eu e o Lukasz ficamos muito felizes com o desempenho na grama. Isso dá muita confiança para começar bem Wimbledon, a primeira rodada, jogar tranquilo, sabendo que estamos em nosso alto nível novamente e isso é muito bom. Então vamos chegar lá com confiança, pensando jogo a jogo, especialmente na primeira rodada", completou o mineiro, que busca o bicampeonato no Grand Slam britânico.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis