Notícias | Dia a dia
Coric conquista maior título e tira nº 1 de Federer
24/06/2018 às 10h18

Coric derrotou os dois favoritos em Halle

Foto: Arquivo

Halle (Alemanha) - Para completar uma semana mágica, o croata Borna Coric conquistou neste domingo o maior título de sua carreira, barrando Roger Federer na busca do 10º troféu em Halle, o 99º da carreira e ainda por cima rebaixando o suíço para o segundo lugar do ranking. O placar foi de 7/6 (8-6), 3/6 e 6/2, em duelo de 2h05.

Aos 21 anos e agora 34º do ranking, Coric jamais havia ganhado mais do que duas partidas na grama em sua carreira. Em Halle, não apenas venceu todas as cinco como ainda derrubou os dois principais cabeças de chave, já que atropelou o local Alexander Zverev logo na estreia.

Esta foi a segunda vitória de Coric sobre um líder do ranking, repetindo a façanha diante de Andy Murray em Madri do ano passado. Diante de adversários top 10, chega a 10 em 32 tentativas. Além de embolsar 475 mil euros, Coric também atingirá a mais alta classificação da carreira, com o 21º lugar. Em quatro finais de nível ATP já disputadas, o croata só havia faturado um título, no saibro de Marrakesh, em abril do ano passado.

Foi um belo primeiro set, com os dois jogadores sólidos com seus serviços e lances muito variados. Coric novamente surpreendeu com a qualidade do saque e a precisão dos voleios, tendo por várias vezes subido atrás do serviço. Federer não ofereceu até então qualquer oportunidade de quebra, passou a usar bem mais o slice a partir da metade do set e desperdiçou as poucas chances que teve, principalmente uma passada cruzada ao final do 11º game. No tiebreak, o suíço manteve a agressividade, abriu 6-4 com saque e aí viu Coric dar uma notável devolução na paralela. Em seguida, não conseguiu cravar um smash e por fim Coric ganhou o set com backhand torto.

O segundo set teve seis games muito equilibrados, mas novamente Federer não conseguia concretizar as oportunidades. Teve um break-point no 2/2 e viu Coric acertar um ace com 30-40 no sexto. Por fim, devolveu bem e contou com uma falha incrível do adversário num voleio facílimo para obter a quebra essencial e levar em seguida ao terceiro set.

Coric não sentiu a falha cometida e continuou muito firme no terceiro set, embora tenha optado por ficar mais no fundo de quadra. Com ótima devolução, abriu 15-40 e aí viu Federer cometer erros da base. Com saque firme, chegou a 5/2 e obteve mais uma quebra com outra série de falhas do cabeça 1, incluindo um voleio no lance decisivo. Fato curioso, Federer marcou mais pontos na partida (97 a 89).

Apesar da derrota e da queda para o segundo lugar do ranking apenas uma semana depois da retomada, que veio com o título em Stuttgart, Federer será o cabeça 1 em Wimbledon devido ao sistema especial que o torneio usa para estabelecer os favoritos, o chamado 'ranking da grama'.

Comentários
Loja - livros
Mundo Tênis