Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Herbert e Mahut brilham em casa e garantem 3º Slam
09/06/2018 às 15h07

Esta é a terceira vez na Era Aberta que uma dupla francesa vence no masculino

Foto: Divulgação

Paris (França) - No quarto ano de parceria, Nicolas Mahut e Pierre-Hugues Herbert enfim puderam comemorar um título de Roland Garros. Os franceses fizeram a festa da torcida na quadra Philippe Chatrier ao vencerem a final contra o austríaco Oliver Marach e do croata Mate Pavic por 6/2 e 7/6 (7-4).

Este é o terceiro título de Grand Slam de Herbert e Mahut. Vencedores do US Open em 2015 e de Wimbledon na temporada seguinte, além de vice-campeões na Austrália há três anos, os franceses haviam passado das oitavas nas três vezes anteriores que jogaram juntos em Roland Garros. No ano passado, eles haviam caído ainda na estreia.

Herbert e Mahut formam a terceira parceria francesa a conquistar o título de duplas masculinas em Roland Garros. Os primeiros a conseguir o feito foram Henri Leconte e Yannick Noah em 1984. A façanha só seria repetida trinta anos depois, em 2014, com Julien Benneteau e Edouard Roger-Vasselin.

Por sua vez, Marach e Pavic disputaram a terceira final de Grand Slam jogando juntos. O austríaco e o croata ocupam as duas primeiras posições do ranking foram campeões do Australian Open, em janeiro, e ficaram com o vice em Wimbledon no ano passado, com derrota para o mineiro Marcelo Melo e o polonês Lukasz Kubot na decisão.

Os três primeiros games foram longos e tiveram break points para ambos os lados. Herbert e Mahut foram superiores nos pontos importantes e largaram com uma quebra de vantagem. Os franceses não teriam mais o saque ameaçado até o fim do primeiro set e aproveitariam mais uma chance de quebra para vencer quatro dos últimos cinco games da parcial.

A dupla da casa também foi a primeira a quebrar no segundo set, aproveitando o único break point que tiveram, e lideraram por 4/3. A vantagem francesa foi pulverizada já no game seguinte. Quando os anfitriões perdiam por 6/5, Mahut salvou quatro match points em seu saque para forçar o tiebreak. Os franceses começaram melhor no game-desempate e venceram três pontos seugidos no saque dos adversários. Ainda que os campeões de Melbourne reduzissem a vantagem, o time da casa manteve a liderança e rumou para o título inédito.

Comentários