Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Halep reage e enfim conquista primeiro Grand Slam
09/06/2018 às 12h14

Halep conquista seu Slam na quarta tentativa

Foto: Arquivo

Paris (França) - Foi duro, mas terminou a longa espera da romena Simona Halep. Depois de se ver acuada pela norte-americana Sloane Stephens por 6/3 e 2/0, a número 1 do mundo achou uma forma de reagir. Virou para 6/4 e 6/1, conquistou Roland Garros na sua terceira tentativa e ergueu um troféu de Grand Slam na quarta final disputada.

Halep teve a primeira oportunidade em Paris há quatro anos, sendo batida por Maria Sharapova em três duros sets, e repetiu a final no ano passado, surpreendida pela jovem Jelena Ostapenko quando liderava a partida. O drama aumentou no Australian Open de seis meses atrás, quando foi barrada na final por Caroline Wozniacki em outra batalha de três sets.

A caminhada para o título e o prêmio de 2,2 milhões de euros não foi fácil, tendo também perdido o primeiro set na estreia contra Alison Riske e nas quartas frente a Angelique Kerber. Superou com maior facilidade a campeã de 2016, a espanhola Garbine Muguruza, na semifinal.

Para alcançar sua sexta vitória sobre Stephens, a terceira sobre o saibro e a quinta consecutiva, Halep precisou de sangue frio. Stephens adotou uma postura bem clara desde o início. Jogou sempre próxima da linha de base, mesclou o tempo inteiro velocidade e efeito nos golpes, não se apressou e escolheu muito bem a hora certa de atacar. A romena, ao contrário, optou por ser mais agressiva e aí colecionou um número exagerado de erros não forçados.

A primeira quebra veio ainda no quarto game e isso deu grande tranquilidade para Stephens manter seu plano de jogo. Ainda que Halep tenha chegado perto, só foi obter uma chance de reação justamente no nono game, pouco antes de a adversária fechar o set. A situação piorou ainda mais para Halep quando Stephens abriu 2/0.

Só então a número 1 mudou o padrão, passou a encurtar os pontos com subidas à rede e contou com um momento de grande queda da norte-americana para ganhar quatro games seguidos e virar. Ainda perdeu um serviço, cedeu empate e retomou a liderança com 5/4. Stephens então falhou na parte emocional, jogou de forma passiva e mandou longe uma bola despretenciosa no set-point.

Halep disparou no terceiro set diante de uma Stephens que parecia completamente perdida na postura tática. Somou erros, perdeu dois serviços e aí não havia mais como impedir a conquista de Halep. Ela se tornou a segunda romena a conquistar Paris, repetindo Virginia Ruzici exatos 40 anos atrás.

A norte-americana disputava sua segunda final de nível Grand Slam, nove meses depois de levantar inesperadamente o US Open. Fica com 1,1 milhão de euros e comemora um inédito quarto lugar no ranking.

Comentários