Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Schwartzman lamenta chuva e enaltece Nadal
07/06/2018 às 13h57

Schwartzman venceu o 1º set, mas perdeu os 3 seguintes

Foto: Divulgação

Paris (França) - O argentino Diego Schwartzman surpreendeu a todos quando venceu o primeiro set da partida contra o espanhol Rafael Nadal, válida pelas quartas de final de Roland Garros, que começou na quarta-feira e só terminou na quinta por causa da chuva, que causou primeiro uma paralisação e depois o adiamento.

Para o pequenino tenista de 1,70 m, a pausa acabou lhe custando caro. "A chuva não me ajudou em nada. Ontem, eu estava acertando muitas bolas vencedoras e cometendo poucos erros não forçados e ele não estava jogando seu melhor e talvez pudesse ter vencido. No retorno à quadra, ele estava totalmente diferente e isso mudou o destino do encontro", analisou o argentino, que acabou levando a virada do espanhol.

"Joguei muito concentrado contra Rafa, pois sabia que precisava ser assim se queria vencer um dos melhores jogadores do mundo. Acho que fiz uma grande partida, mas isso não foi o suficiente. Nadal melhorou muito hoje em comparação com ontem e foi superior a mim", acrescentou o atual 12 do mundo.

Apesar da eliminação, Schwartzman não saiu de quadra apenas com lamentações e quer também aproveitar o lado positivo de sua campanha no Slam francês. "Estou orgulhoso do que fiz em Roland Garros, foi a terceira vez que cheguei à segunda semana de um Grand Slam e isso significa que estou melhorando", observou.

O argentino mostrou não ter perdido o humor mesmo com a eliminação e brincou ao falar sobre como é encarar Nadal em Paris. "Não é bom enfrentá-lo nesse torneio, acho que é a pior coisa que pode acontecer no tênis. Hoje ele estava chegando em todas as bolas e quando você menos esperava vinha um golpe vencedor que te deixava atônito", finalizou.

Comentários