Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Apesar da derrota, Melo garante: 'Estamos bem'
03/06/2018 às 07h28

Melo foi o único brasileiro que chegou às oitavas

Foto: Arquivo
Guilherme Costa
Especial para TenisBrasil

Paris (França) - Campeão de Roland Garros em 2015, quando jogava ao lado do croata Ivan Dodig, Marcelo Melo foi eliminado, no sábado, nas oitavas e final da chave de duplas do Grand Slam francês. Com Lukasz Kubot, o mineiro caiu diante de Rohan Bopanna e Jean-Julier Roger por 2 a 0. Mesmo com o resultado não tão positivo para a dupla que era cabeça de chave número 1 do torneio, o mineiro saiu satisfeito com o desempenho.

"A gente vem melhorando nosso jogo desde o começo do ano. É importante isso, estamos jogando bem, cada vez melhor. Fizemos dois bons jogos aqui, paramos em um dupa dura. O lado positivo é que encontramos nosso jogo de novo e se continuarmos assim podemos voltar aos bons resultados", disse.

Nesta temporada, Melo e Kubot conquistaram apenas um título, foram campeões no ATP de Sydney, em janeiro. De lá para cá, não fizeram mais nenhuma final, o que fez com que caíssem no ranking. Agora, o time se prepara para a temporada de grama onde, ano passado, levaram três títulos.

"A sequência será a mesma do ano passado. Em S-Hertogenbosh, Halle e Wimbledon. Importante está focado nesta sequência, esperamos repetir a dose do ano passado. Nosso estilo é muito bom para a quadra de grama, gosto muito de jogar na grama, então os resultados podem vir", observou.

Sobre a derrota na terceira rodada diante da dupla formada por Rohan Bopanna e Jen Julier Roger, que são cabeças de chave 13 do torneio, Melo acredita que o início fez total diferença, pois o time teve que sempre correr atrás do placar.

"Foi um jogo duro, o Bopanna é um excelente jogador, está há muito tempo aí no circuito. Não conseguimos jogar da mesma forma dos outros dias, faltou aproveitar melhor o nosso saque. E eles tiveram a vantagem de estarem sempre com um break na nossa frente. No segundo set a gente até tentou retomar, mas não deu para levar para o terceiro set. Faltou começar melhor", encerrou.

Comentários