Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Duplas de Melo e Demoliner estreiam bem em Paris
30/05/2018 às 13h30

Melo e Kubot já repetem a campanha do ano passado em Paris

Foto: Arquivo

Paris (França) - Os dois primeiros brasileiros a estrear na chave de duplas em Roland Garros conseguiram boas vitórias nesta quarta-feira. Ao lado de seus respectivos parceiros estrangeiros, o mineiro Marcelo Melo e o gaúcho Marcelo Demoliner iniciaram bem a busca pelo título do Grand Slam francês.

Principais cabeças de chave, Melo e o polonês Lukasz Kubot venceram o italiano Marco Cecchinato e o húngaro Marton Fucsovics por 6/4 e 7/5. O resultado já iguala a campanha do ano passado para a parceria. O mineiro já foi campeão do torneio em 2015, quando ainda atuava ao lado do croata Ivan Dodig.

"Acho que jogamos muito bem, por ser uma primeira rodada de Grand Slam. Normalmente a estreia é um pouco mais nervosa, mas viemos treinando e jogando muito bem, o que foi importante", disse Melo após a partida. "Foi muito duro, tivemos de sair de algumas situações complicadas, mas aproveitamos as chances de estar na frente do jogo". 

Os próximos adversários de Melo e Kubot podem ser os espanhóis Roberto Carballes Baena e Guillermo Garcia-Lopez ou a parceria italiana formada por Simone Bolelli e Fabio Fognini, campeões do Australian Open em 2015. "Agora é aprimorar algumas pequenas coisas que não deram certo e poderíamos ter feito melhor para a próxima rodada, que com certeza vai ser mais um jogo difícil", acrescentou o ex-número 1 e atual quarto colocado no ranking de duplas.

Já Demoliner e o mexicano Santiago Gonzalez venceram um duelo de três tiebreaks contra o tcheco Roman Jebavy e o bielorrusso Andrei Vasilevski por 7/6 (7-5), 6/7 (8-10) e 7/6 (7-2). Em sua terceira participação no Grand Slam francês, o gaúcho de 29 anos venceu um jogo pela primeira vez. Na segunda rodada, Demoliner e Gonzalez enfrentam os espanhois Marc e Feliciano López, campeões de Roland Garros em 2016.

"Foi uma partida muito disputada. Sempre tem um nervosismo a mais antes de entrar no torneio. Estou bem feliz pela primeira vitória e agora vamos enfrentar os espanhois. É mais um jogo duro, mas estamos mais confiantes e agora estamos dentro do torneio nos entrosando melhor. Agora é analisar os rivais e ver a melhor estratégia", avaliou Demoliner, que está no 60º lugar do ranking mundial.

O mineiro Bruno Soares e o britânico Jamie Murray só estreiam na competição na quinta-feira. Vencedores de dois Grand Slam e quadrifinalistas na edição passada, eles enfrentariam o sérvio Dusan Lajovic e o alemão Florian Mayer nesta quarta, mas o jogo foi adiado porque Lajovic disputou cinco sets de simples contra Alexander Zverev no mesmo dia. 

Comentários