Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Sharapova: 'Tenho que me orgulhar do meu esforço'
29/05/2018 às 19h08

A russa marcou a quinta vitória em dez jogos definidos no terceiro set em 2018

Foto: Divulgação

Paris (França) - A vitória na estreia em Roland Garros e a reação na parcial decisiva da partida desta terça-feira animaram Maria Sharapova. A russa saiu de quadra saiu de quadra comemorando com o fato de ter vencido os últimos seis games do jogo contra a holandesa Richel Hogenkamp.

"Eu tive um bom começo, e sinto que fiquei muito impaciente no segundo set por alguma razão", disse Sharapova após a vitória por 6/1, 4/6 e 6/3. "Ela foi ficando um pouco mais consistente e acho que perdi um pouco de ritmo, mas terminei o jogo vencendo seis games seguidos".

"Tenho que me orgulhar do meu esforço, mas sei que recuei um pouco e não fui tão agressiva quanto até o 6/1 e 3/1, mas o importante foi que eu ganhei o último ponto", avaliou a ex-número 1 do mundo, que atualmente aparece no 30º lugar do ranking. Em dez jogos definidos no terceiro set na temporada, a experiente russa saiu vencedora pela quinta vez.

Sharapova passou por um momento complicado no jogo, chegando a perder seis games seguidos e oito no intervalo de dez entre o final do segundo set e o começo do terceiro, parcial que foi liderada por Hogenkamp por 3/0.

"Se você olhar, eu estava perdendo por apenas uma quebra, não era como se eu tivesse perdido tantos game seguidos, ou talvez oito nos últimos dez. Sabia que eu ainda poderia jogar um tênis sólido para me colocar em uma condição de vencer o jogo. Não havia razão para que eu não me recuperasse na partida".

Bicampeã de Roland Garros e finalista em três edições seguidas entre 2012 e 2014, Sharapova é uma das candidatas ao título do Grand Slam francês e vem de bons resultados no saibro, com uma semifinal em Roma e quartas em Madri. "Nenhum ano é igual ao outro e nenhuma situação é a mesma", avaliou a russa de 31 anos, que retorna ao torneio depois de três temporadas.

"É por isso que ainda gosto de competir, porque toda semana e todo torneio traz um novo desafio e uma nova maneira de enfrentá-lo. Nada é repetitivo neste esporte. Embora você possa usar sua experiência e conhecimento sobre o que te ajudou antes, sempre há coisas novas e coisas que você precisa enfrentar", completou Sharapova, que agora enfrenta a croata Donna Vekic.

Comentários