Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Zverev arrasa e tem sua melhor estreia em Slam
27/05/2018 às 14h45

Zverev nunca passou da terceira rodada em Paris

Foto: Divulgação

Paris (França) - Apesar de ser o atual número 3 do mundo, o alemão Alexander Zverev não costuma se dar bem nos Grand Slam, nunca passando das oitavas de final neste nível de torneio. Porém, sua estreia em Roland Garros foi promissora e a melhor da carreira em um dos quatro principais eventos do tênis mundial, batendo neste domingo o lituano Ricarda Berankis com arrasadores 6/1, 6/1 e 6/2, em apenas 69 minutos.

Cabeça de chave número 2, Zverev foi eliminado na estreia no ano passado no saibro parisiense e nunca passou da terceira rodada lá. Seu próximo obstáculo ainda não foi definido e ele terá que esperar pelo vencedor do confronto entre o tcheco Jiri Vesely e o sérvio Dusan Lajovic para saber quem terá pela frente na competição.

Se conseguir vencer mais uma e igualar seu melhor desempenho em Roland Garros, o alemão irá cruzar com quem passar do embate envolvendo Radu Albot e Damir Dzumhur, que estrearam com vitórias neste domingo. O bósnio 26º pré-classificado foi o que teve menos trabalho para avançar, despachando o norte-americano Denis Kudla em sets diretos, com parciais de 6/4, 6/2 e 6/2.

Já o triunfo do moldávio foi muito mais apertado e só veio depois que ele reverteu uma desvantagem de 2 sets a 0, virando para cima do convidado da casa Grégoire Berrere com o placar final de 4/6, 0/6, 7/5, 6/1 e 6/2. Será a quinta vez que Albot e Dzumhur medirão forças e o duelo servirá de tira-teima, já que até então cada um soma duas vitórias.

No duelo de gerações entre o croata Ivo Karlovic, de 39 anos, e o francês Corentin Moutet, de apenas 19, a experiência não foi fator fundamental e o atleta da casa levou a melhor, derrubando o rival grandalhão em sets diretos, com parciais de 7/6 (9-7), 6/2 e 7/6 (7-5). O convidado local vai esperar agora pelo belga David Goffin ou pelo holandês Robin Haase.

Comentários