Notícias | Dia a dia
Federer diz que Serena pode ser maior que todos
26/05/2018 às 11h23

Federer enalteceu a história de Serena

Foto: Arquivo

Nova York (EUA) - O assunto melhor de todos os tempos no tênis sempre gera polêmica nos fãs. Já não bastasse a discussão entre nomes como o de Roger Federer, Rafael Nadal e Novak Djokovic, ainda há nomes do passado como Bjorn Borg e Rod Laver. Quando se coloca as mulheres na jogada, com Serena Williams, Steffi Graf e Martina Navratilova a disputa fica ainda mais acirrada.

Um dos concorrentes nessa disputa fictícia, Federer acredita que Serena pode ser considerada sim a maior da história do tênis entre homens e mulheres. Em entrevista ao Wall Street Journal, o suíço elogiou muito a ex-número 1 do mundo e destacou sua importância para a modalidade.

"É fascinante vê-la jogando. Ela teve um caminho totalmente diferente do meu. Eu tive o apoio da federação suíça e ela cresceu com a irmã sendo treinada pelo pai. Sua história é incrível, ela se tornou uma das maiores jogadoras de todos os tempos se não a maior", afirmou o atual número 2 no ranking da ATP.

Questionado se a norte-americana poderia ser considerada a maior entre as mulheres ou no geral, Federer não fugiu da resposta: "No geral", garantiu o tenista da Basileia, que não se esqueceu da percussora das irmãs Williams no circuito. "Tenho enorme admiração por Serena e por Venus também".

"Não é fácil uma comparação assim (entre gêneros diferentes), mas sabemos que Serena está lá no topo. E eu também devo estar lá em cima, talvez num grupo de cinco melhores ou algo do gênero. Estar nesse grupo já é uma coisa para te deixar feliz", complementou o vice-líder da ATP, que só voltará às quadras quando chegar a temporada de grama.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis