Notícias | Dia a dia
Zverev precisa de três sets, mas vence mais uma
18/05/2018 às 20h12

Zverev está invicto há doze jogos e enfrentará Cilic na semifinal

Foto: Divulgação

Roma (Itália) - A série de vitórias de Alexander Zverev no saibro ganhou mais um capítulo nesta sexta-feira, quando o alemão venceu seu 12º jogo seguido para se garantir na semifinal do Masters 1000 de Roma. Zverev precisou de três sets e 1h47 para derrotar o belga David Goffin por 6/4, 3/6 e 6/3.

Atual campeão na capital italiana, Zverev vem embalado por títulos em Munique e Madri nas últimas semanas. Em busca da 13ª final de sua carreira, sendo a terceira seguida, o alemão de 21 anos e número 3 do mundo enfrenta o quinto colocado Marin Cilic, contra quem tem quatro vitórias e uma derrota.

Depois de ter vencido o Masters espanhol sem ter o saque quebrado e enfrentando apenas um break point, Zverev tem sido muito mais exigido no Foro Itálico. Antes do jogo de três sets desta sexta-feira, ele já havia passado por um tiebreak duríssimo contra Kyle Edmund nas oitavas.

Zverev liderou a contagem de winners contra Goffin por 27 a 22 e cometeu 30 erros não-forçados, três a mais que seu adversário. O alemão conquistou três quebras e perdeu o saque em duas oportunidades.

No primeiro set, Zverev sequer enfrentou break points e aproveitou uma das seis chances de quebra que teve. Já na parcial seguinte, foi Goffin quem sacou muito bem. O belga só perdeu cinco pontos nos games de serviço e foi firme do fundo de quadra para conseguir uma quebra e permitir só dois winners ao rival.

Goffin também foi o primeiro a quebrar no set decisivo e chegou a liderar por 3/2, mas perdeu a vantagem de imediato e Zverev, então, fechou a porta. O primeiro ato do alemão foi confirmar o saque com muita rapidez para voltar à frente do placar, depois pressionou o rival para voltar a quebrar antes de novamente confirmar o saque. Dos últimos quinze pontos disputados, Zverev ganhou doze.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis