Notícias | Dia a dia
Sharapova consegue a virada e está nas oitavas
16/05/2018 às 15h59

Sharapova passou cinco horas em quadra nos últimos dois dias

Foto: Divulgação

Roma (Itália) - Em um dos jogos mais aguardados da segunda rodada feminina em Roma, Maria Sharapova conseguiu uma importante vitória em três sets e avançou às oitavas de final do WTA Premier italiano. A ex-número 1 do mundo começou atrás no placar, mas anotou a virada diante da eslovaca Dominika Cibulkova, ex-top 10 e atual 34ª do ranking, com parciais de 3/6, 6/4 e 6/2 em 2h30 de partida.

Vinda de outro jogo de 2h30 no dia anterior, quando superou a australiana Ashleigh Barty também em três sets, Sharapova marcou apenas a terceira vitória em sete jogos que foram à parcial decisiva na atual temporada. Antes dos dois jogos no saibro da capital italiana, onde é tricampeã, Sharapova só havia vencido um jogo no terceiro set em 2018, ainda em janeiro.

Atual 40ª colocada no ranking, Sharapova não é cabeça de chave em Roma e tem um caminho complicado no torneio. Sua adversária nas oitavas de final pode ser a espanhola Garbiñe Muguruza, número 3 do mundo, ou a australiana Daria Gavrilova, 24ª colocada e que já foi semifinalista da competição em 2015 e parou nas quartas no ano passado.

O começo de jogo foi complicado para Sharapova, que fez 20 erros não-forçados no primeiro set e permitiu que Cibulkova vencesse a parcial com apenas cinco winners, dois a menos que a russa. Houve apenas uma quebra, ainda no segundo game disputado, e a eslovaca só enfrentou seus dois primeiros break points quando já sacava para fechar.

O segundo set vinha com domínio das sacadoras e não teve um break point sequer nos primeiros sete games. Sharapova conseguiu a quebra em um game muito longo e logo depois perdeu o saque de zero. Mas a russa já era mais agressiva na parcial, anotando 16 bolas vencedoras e voltou a pressionar a rival com devoluções agressivas para forçar o terceiro set.

Depois de salvar dois break points no game de abertura do set decisivo, Sharapova consegiu a quebra e rapidamente passou a liderar por 3/0. O momento do jogo era todo da russa, que havia vencido cinco dos últimos seis games até então. Cibulkova até conseguiu confirmar mais dois games de serviço, mas não pressionou mais a ex-número 1 até o final do jogo. Sharapova fez quase o dobro de winners de sua adversária, 41 a 21, e cometeu 40 erros não-forçados contra 28 da eslovaca.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis