Notícias | Dia a dia
Torcida embala a virada de Muguruza em Madri
08/05/2018 às 19h02

Muguruza será desafiada por Kasatkina nas oitavas

Foto: Divulgação

Madri (Espanha) - Esperança espanhola para um inédito título de uma jogadora da casa no WTA Premier de Madri, Garbiñe Muguruza foi muito exigida em seu segundo compromisso no torneio. A número 3 do mundo precisou lutar por 2h01 e foi empurrada pela torcida para vencer a croata Donna Vekic, 50ª colocada, por 2/6, 6/4 e 6/1.

A adversária de Muguruza nas oitavas será a jovem russa de 21 anos e número 15 do mundo Daria Kasatkina, que derrotou a romena Sorana Cirstea por 6/3 e 6/1. Ainda que a espanhola lidere o retrospecto por 2 a 1, Kasatkina levou a melhor no único duelo da atual temporada, disputado no piso duro de Dubai em fevereiro.

O começo de partida foi complicado para Muguruza, que confirmou apenas um de seus quatro games de saque no primeiro set, além de fazer apenas seis winners e cometer onze erros não-forçados. A situação ficou ainda mais delicada para a espanhola depois que Vekic conseguiu a primeira quebra do segundo set após uma sequência de erros da jogadora da casa.

Muguruza, entretanto, conseguiu devolver a quebra de imediato para buscar o empate por 3/3. O jogo mais agressivo da espanhola, que fez 14 a 2 em winners no segundo set, e sua reação na partida animaram a torcida que empurrou a estrela local para voltar a quebrar o terceiro set.

Passava das 23h em Madri quando teve início a parcial decisiva. O estádio não estava lotado, mas tinha grande público e bastante participativo a cada ponto conquistado pela espanhola. Muguruza só perdeu cinco pontos em seu saque e não enfrentou break points, além de conseguir duas novas quebras para consolidar a virada.

Outra anfitriã a vencer foi Carla Suárez Navarro. Ex-top 10 e atual 25ª do ranking, a experiente espanhola de 29 anos eliminou a número 4 do mundo Elina Svitolina por 2/6, 7/6 (7-3) e 6/4. Após a vitória sobre a ucraniana, Suárez Navarro enfrenta a norte-americana Bernarda Pera, que derrotou a britânica Johanna Konta por 6/4 e 6/3.

Ainda nesta terça-feira, a estoniana Anett Kontaveit deu continuidade à sua série de bons resultados no saibro. Algoz de Venus Williams na rodada de estreia e vinda de uma semifinal em Stuttgart, a jovem de 22 anos e 29ª do ranking derrotou a bielorrussa Aliaksandra Sasnovich por 6/2, 4/6 e 6/2 para garantir um duelo com a número 10 do mundo Petra Kvitova.

Comentários
Loja - livros
Mundo Tênis