Notícias | Dia a dia
Pliskova vence duelo de saques e conquista Stuttgart
29/04/2018 às 10h36

Pliskova conquista o décimo título de sua carreira, sendo o segundo no saibro

Foto: Divulgação

Stuttgart (Alemanha) - O encontro entre duas das melhores sacadoras do circuito feminino cumpriu as expectativas do público. A final do WTA Premier de Stuttgart, entre Karolina Pliskova e Coco Vandeweghe teve poucas oportunidades de quebra e teve suas parciais definidas nos detalhes. Ex-número 1 e atual sexta colocada, Pliskova levou a melhor com parciais de 7/6 (7-2) e 6/4 em 1h56 de partida.

Este é o décimo título da carreira de Pliskova, sendo o primeiro na temporada. Até então, o melhor resultado da tcheca em 2018 havia sido uma semifinal em Brisbane na primeira semana do ano. Sua última conquista havia sido na grama britânica de Eastbourne em junho do ano passado. No saibro, a tcheca só havia vencido um torneio na capital de seu país em 2015.

Apesar da conquista de 470 pontos no ranking em uma semana com apenas 100 a defender, Pliskova permanece no sexto lugar do ranking. Já a ex-top 10 Vandeweghe derrotou três nomes entre as dez primeiras e a atual campeã Laura Siegemund durante a semana. A 16ª colocada norte-americana ganha 305 pontos e sobe três posições.

Além dos pontos no ranking mundial e da premiação de 113 mil euros, Pliskova também levará para casa um automóvel Porsche, presente da principal patrocinadora do torneio e que também dá nome à arena onde os jogos foram realizados nesta semana em Stuttgart.

O jogo começou complicado para Pliskova, que foi quebrada no game de abertura e teve dificuldades para confirmar seu segundo game de saque. A tcheca, entretanto, contou com uma sequência de três erros da adversária para buscar o empate por 2/2. Não houve mais break points até o término do set inicial.

Vandeweghe fez os dois primeiros pontos do tiebreak, mas a reação de Pliskova foi imediata. Com devoluções profundas que induziam a rival ao erro, a tcheca equilibrou as ações e passou à frente e contou com ótimos saques para vencer sete pontos seguidos.

Logo no início do segundo set, Vandeweghe deu um susto ao sofrer uma queda em quadra. A norte-americana precisou de atendimento para dois dedos da mão direita e para o joelho na virada de lado. Ainda assim, o jogo seguia equilibrado até a primeira quebra a favor da tcheca no quinto game. Dois games mais tarde, Pliskova ampliaria a vantagem para 5/2. A tcheca foi quebrada na primeira tentativa de sacar para o jogo, mas não deixou escapar a segunda chance de conquistar o título no saibro alemão.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis