Notícias | Dia a dia
Djokovic retoma caminho das vitórias com 'pneu'
16/04/2018 às 11h10

Djokovic já venceu duas vezes em Monte Carlo (20013 e 2015)

Foto: Divulgação

Monte Carlo (Mônaco) - Depois de amargar duas eliminações seguidas em estreias, nos Masters 1000 de Indian Wells e Miami, o sérvio Novak Djokovic reencontrou o caminho das vitórias nesta segunda-feira no Masters 1000 de Monte Carlo. Seu adversário na primeira rodada do torneio foi o compatriota Dusan Lajovic, que não fez frente e caiu com parciais de 6/0 e 6/1, em apenas 56 minutos.

Cabeça de chave número 9, 'Nole' terá agora pela frente o jovem croata Borna Coric, que confirmou o bom momento no circuito, vindo que quartas e Miami e semi em Indian Wells, ao bater o francês Julien Benneteau em sets diretos, com placar final de 6/2 e 6/3. Será o segundo embate entre eles, com vitória do sérvio no saibro de Madri dois anos atrás.

Tentando voltar aos melhores momentos depois de perder quase metade de 2017 por causa de uma lesão no cotovelo, que o levou a uma pequena cirurgia depois do Australian Open deste ano, Djokovic não poderia começar melhor esta caminhada do que com um arrasador 'pneu' anotado no primeiro set em apenas 22 minutos.

Novamente sob a tutela do eslovaco Marjan Vajda, com quem trabalhou por 11 anos, encerrou a parceria em 2017 e que voltou a ser o técnico de Djokovic pelo menos para a disputa de Monte Carlo, o ex-número 1 do mundo anotou sete bolas vencedoras e seis erros não forçados no primeiro set contra apenas um winner de Lajovic e oito erros.

A segunda parcial seguiu na mesma toada da anterior, com Nole dominando as ações. Só que desta vez o compatriota ao menos ofereceu um pouco mais de resistência, venceu um game antes da ser eliminado pelo atual número 13 do mundo, que sacramentou sua 28ª vitória em 32 jogos contra sérvios, não perdendo para rivais do mesmo país desde 2012, quando Janko Tipsarevic o surpreendeu em Madri.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis