Notícias | Dia a dia
Bellucci despenca no ranking e sai do top 200
16/04/2018 às 08h21

Bellucci não tinha um ranking tão baixo desde 2007

Foto: Fotojump

Miami (EUA) - Principal tenista brasileiro no ranking durante muitos anos, o paulista Thomaz Bellucci não vive uma fase nada fácil. Depois de passar cinco meses afastado por doping, o canhoto de Tietê não conseguiu ainda se encontrar no retorno ao circuito e nesta semana acabou amargando um duro golpe com queda vertiginosa no ranking de 80 colocações.

Bellucci defendia 150 pontos pelo vice-campeonato no ATP 250 de Houston no ano passado e como desta vez não conseguiu sequer se classificar para a chave principal do torneio, caindo na primeira rodada do quali, acabou amargando uma abrupta perda de colocações que o levou para fora do top 200 na lista masculina, na 224ª posição.

Esta é a primeira vez que ele fica fora dos 200 melhores em mais de 10 anos. A última vez que ele não aparecia nesta faixa de ranking foi na lista do dia 11 de novembro de 2007, quando era o então 214 do mundo. O paulista chegou a ter momentos de baixa nas temporadas seguintes, principalmente quando ficou algum tempo afastado por lesão, mas sua pior colocação desde que entrou pela primeira vez para o top 100 foi a 168ª.

Apesar de toda essa queda de Bellucci, ele ainda segue como o terceiro melhor do país e tentará nesta semana recuperar algumas posições no challenger de Sarasota, onde será o sexto favorito, uma vez que entrou com o ranking da semana passada. Lá ele terá a companhia do gaúcho Guilherme Clezar, quarto melhor brasileiro e atual 241 do mundo, oito lugares para baixo em relação ao último ranking.

Na parte de cima, o paulista Rogério Silva retomou o posto de número 1 do país. Ele ganhou duas colocações e viu o cearense Thiago Monteiro perder uma para voltar a ser o melhor brasileiro na ATP, ocupando o 125º lugar, um à frente de canhoto de Fortaleza. Ambos não jogam nesta semana e ficam à mercê dos resultados dos rivais que estão perto, podendo até ganhar poucas colocações dependendo do que acontecer.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis