Notícias | Dia a dia
Schmiedlova vence Bogotá e retorna ao top 100
15/04/2018 às 16h40

Schmiedlova levantou seu terceiro troféu na WTA

Foto: Divulgação

Bogotá (Colômbia) - Depois de encerrar um jejum de dois anos e nove meses sem chegar a uma final, a eslovaca Anna Karolina Schmiedlova aproveitou a boa semana no WTA de Bogotá para conquistar seu terceiro título como profissional, batendo na final deste domingo a espanhola Lara Arruabarrena, cabeça de chave número 5, com parciais de 6/2 e 6/4, em 1h20 de confronto.

Atual 132 do mundo, a eslovaca de 23 anos chegou à 26ª colocação no ranking em 2015, mas perdeu terreno nos últimos tempos e conseguira uma boa recuperação com a conquista no saibro colombiano. Ela vai ganhar 48 lugares e assim retornará ao top 100, aparecendo na próxima lista da WTA na 84ª posição.

Schmiedlova sairá de Bogotá com 280 pontos no ranking e uma premiação de US$ 43 mil. Por sua vez, Arruabarrena faturou 180 pontos e um cheque de US$ 21,4 mil com o seu segundo vice-campeonato seguido no torneio, tendo perdido a final do ano passado para a italiana Francesca Schiavone. Ela tem também um título na competição, levantando a taça em 2012.

O começo da decisão foi marcado pela sequência de quebras, com duas para cada lado. No quinto game, Schmiedlova conseguiu enfim confirmar seu serviço, algo que a rival espanhola não fez uma vez sequer no primeiro set e só conseguiu fazer uma vez no segundo, terminando a partida com oito quebras contra e uma derrota em sets diretos.

Sul-americanas ficam com o vice nas duplas

A final de duplas viu a coroação das cabeças de chave número 2, a eslovaca Dalila Jakupovic e a russa Irina Khromacheva, que frustraram a torcida da casa pela colombiana Mariana Duque-Mariño. A parceria sul-americana da local com a argentina Nadia Podoroska teve que se contentar com o vice ao cair com parciais de 6/3 e 6/4.

Comentários
Loja - livros
Mundo Tênis