Notícias | Dia a dia
Sul-americanas caem nas quartas do WTA de Bogotá
13/04/2018 às 20h17

Atual vice-campeã, Arruabarrena tenta alcançar sua terceira final em Bogotá

Foto: Divulgação

Bogotá (Colômbia) - Único torneio na América do Sul pela elite do circuito feminino, o WTA de Bogotá perdeu as duas últimas representantes sul-americanas no saibro colombiano. A jovem anfitriã de 17 anos Emiliana Arango e a chilena Daniela Seguel se despediram nas quartas de final da competição.

Arango não conseguiu superar a rodada dupla desta sexta-feira. Depois de vencer seu jogo das oitavas de final contra a italiana Jasmine Paolini pela manhã, a promessa colombiana abandonou a partida contra a eslovaca Anna Schmiedlova, 132ª do ranking, quando perdia por 6/1 e 1/0 por conta de problemas físicos.

Já a chilena Seguel, que vinha de uma experessiva vitória sobre a cabeça 1 alemã Tatjana Maria na última quinta-feira, não manteve o embalo e foi facilmente superada pela sétima favorita romena Ana Bogdan, 76ª do ranking, que marcou um duplo 6/1 em apenas 68 minutos de disputa.

Algozes das sul-americanas, Schmiedlova e Bogdan fazem uma das semifinais e terão um duelo inédito no circuito. Dona de dois títulos na WTA, Schmiedlova tem 23 anos e não chegava a uma semifinal de torneio desde outubro de 2016 nas quadras duras e cobertas de Luxemburgo. Ela busca sua quarta decisão na carreira. Já Bogdan tem 25 anos, faz a segunda semi seguida no circuito e tenta alcançar sua primeira final.

Outra semifinalista definida é Lara Arruabarrena, 79ª do ranking, campeã do torneio em 2012 e vice no ano passado. A espanhola derrotou a sueca Johanna Larsson por 6/1 e 6/3. Por conta da chuva na tarde desta sexta-feira, a definição da última semifinalista ficou para às 11h (de Brasília) de sábado, quando a segunda favorita polonesa Magda Linette enfrenta a eslovena Dalila Jakupovic. As semifinais começam a partir do meio-dia.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis