Notícias | Dia a dia
Navratilova cobra vitórias de Stephens fora dos EUA
13/04/2018 às 16h02

Stephens venceu 4 de seus 6 títulos em casa

Foto: Arquivo

Miami (EUA) - Campeã do US Open no ano passado, a norte-americana Sloane Stephens amargou depois de sua maior conquista uma sequência de oito derrotas e mais alguns resultados fracos até enfim retornar ao seu país para a dobradinha Indian Wells e Miami, indo mal no primeiro torneio, mas faturando o título no segundo, que a levou para o top 10 pela primeira vez.

Agora com a temporada indo para o saibro europeu, Stephens foi cobrada pela tcheca naturalizada norte-americana Martina Navratilova, que espera um desempenho bom fora dos EUA. "Talvez ela precise imaginar que ainda está jogando na América", disse a ex-número 1 do mundo, destacando a força que Sloane consegue tirar do público quando joga em casa.

"Depois de obter seu primeiro título de Grand Slam no US Open do ano passado, Stephens teve problemas fora do Estados Unidos, mas recentemente venceu em Miami o segundo título mais importante de sua carreira. Além disso, seu desempenho no ano passado foi excelente dentro de casa", falou Navratilova, lembrando que a norte-americana fez semi em Cincinnati em 2017.

"Claramente é uma coisa mental, ele gosta do apoio que recebe quando joga nos Estados Unidos. Mas agora, com a vinda das temporadas de saibro e grama na Europa, tem de encontrar uma maneira de ficar animada mesmo quando a torcida está apoiando sua adversária. Gostaria de ver Stephens trabalhando tão duro, mentalmente e fisicamente", observou Navratilova.

O histórico de Sloane mostra realmente que seu desempenho dentro de casa é muito melhor do que fora, tanto que quatro dos seus seis títulos foram em solo norte-americano, onde também levantou uma taça de duplas, o vice-campeonato de Washington, em 2017, ao lado da canadense Eugenie Bouchard.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis