Notícias | Dia a dia
Chilena elimina favorita e faz quartas em Bogotá
12/04/2018 às 20h14

Daniela Seguel é a primeira chilena a vencer um jogo na WTA desde 1980

Foto: Divulgação

Bogotá (Colômbia) - Em uma quinta-feira com muita chuva, a chilena Daniela Seguel foi destaque na rodada do WTA de Bogotá. Seguel se garantiu nas quartas de final no saibro da capital colombiana ao derrotar a favorita alemã Tatjana Maria, principal cabeça de chave do torneio e 62ª do ranking, por 6/3 e 6/1 em 1h35 de partida.

Seguel tem 25 anos e é 191ª do ranking. Vinda do quali em Bogotá, a chilena ainda não tinha vitórias em chaves principais de WTA na carreira. Além disso, por ter vencido a primeira rodada na última segunda-feira contra Nicole Gibbs, ela marcou a primeira vitória de uma chilena na WTA desde 1980, com Silvana Urroz em Nagoya.

A adversária de Seguel virá da partida entre a cabeça 7 romena Ana Bogdan e a jovem russa de 19 anos Anna Blinkova. A partida foi suspensa por falta de luz natural quando já estava no terceiro set. Blinkova fez 6/1 no primeiro set e perdeu o segundo por 7/6 (10-8). A parcial decisiva estava empatada por 2/2.

Outro jogo que não terminou foi o da segunda favorita polonesa Magda Linette contra a convidada local Maria Herazo González. Linette liderava por 6/2 e 3/1, quando a falta de luz natural impediu a continuidade do jogo. Caso confirme sua condição, a polonesa pode enfrentar a eslovena Dalila Jakupovic ou a búlgara Elitsa Kostova.

Quem conseguiu se classificar foi Johanna Larsson. Terceira cabeça de chave e 73ª do ranking, a experiente sueca de 29 anos passou pela grega vinda do quali Valentini Grammatikopoulou por 4/6, 6/4 e 6/4. Larsson enfrenta nas quartas de final a vencedora do duelo espanhol entre Lara Arruabarrena e Sara Sorribes.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis