Notícias | Dia a dia
Azarenka diz que título sempre passou pela cabeça
29/03/2018 às 11h12

Azarenka já levantou três taças em Miami

Foto: Divulgação

Miami (EUA) - A primeira semifinal feminina desta quinta-feira terá duas campeãs de Grand Slam se enfrentando. De um lado a norte-americana Sloane Stephens, que venceu o US Open do ano passado e que com a campanha no Premier de Miami irá entrar no top 10 pela primeira vez. Do outros estará a bielorrussa Victoria Azarenka, bicampeã do Australian Open e ex-número 1 do mundo.

Embora o currículo de Azarenka seja bem mais vasto que o da rival, sua presença em uma fase tão aguda do torneio é, de certa forma, surpreendente para muitos, já que ela teve problemas extra quadra nos últimos meses só conseguiu voltar a competir depois de Wimbledon, no ano passado, em Indian Wells, semanas atrás.

O histórico vencedor e as boas partidas da bielorrussa no Crandon Park, em contrapartida, a credenciam bem para a conquista e ela garante que esse sempre foi a meta. "A possibilidade de vencer o título sempre esteve na minha cabeça, é para isso que eu jogo. Não venho para um torneio apenas para disputar. Claro que tenho que ir levando um jogo de cada vez", afimrou.

"Acho importante, para mim, ter essa mentalidade. Por mais que muita gente possa achar que estou perto, sei bem o quanto estou longe da conquista. Você só vence quando acaba o último ponto e nunca é fácil chegar lá", acrescentou a bielorrussa, que vai encarar Stephens às 14h (horário de Brasília) desta quinta-feira por um lugar na decisão.

"Por isso tenho que me focar em uma partida de cada vez, em pensar no ponto a ponto e ver depois o que pode acontecer", finalizou Azarenka, que com a campanha em Miam já garante o retorno ao top 100 pela primeira vez desde que foi mãe. Atual 186 do mundo, ela está escalando mais de 90 posições no ranking e irá aparecer na 93ª colocação, podendo subir mais se for à final ou se for campeã.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis