Notícias | Dia a dia
Ostapenko vence em dois tiebreaks e está na semi
28/03/2018 às 16h03

Ostapenko precisa ser finalista para ultrapassar Svitolina no ranking

Foto: Divulgação

Miami (EUA) - O encontro entre as números 4 e 5 do mundo cumpriu o que prometia em termos de equilíbrio. Elina Svitolina e Jelena Ostapenko fizeram uma partida definida em detalhes pelas quartas de final do WTA Premier de Miami. Ao fim de 1h48 de disputa, a quinta colocada Ostapenko foi recompensada por seu tênis mais agressivo e venceu em dois tiebreaks, com parciais de 7/6 (7-3) e 7/6 (7-5).

Ostapenko iniciou o torneio com o melhor ranking da carreira ao ocupar o quinto lugar. Ela precisa ser finalista para ultrapassar a própria Svitolina e ganhar uma posição. Em busca de sua sexta final na carreira, a letã de 20 anos espera pelo duelo norte-americano entre Venus Williams e Danielle Collins.

Apesar do equilíbrio no placar do primeiro set, era nítido o contraste de estilos e propostas de jogo entre as duas atletas em quadra. Mais agressiva, Ostapenko tomava a iniciativa na maioria dos pontos e liderou a contagem de winners na parcial por 23 a 4, mas também cometeu 22 erros não-forçados contra apenas cinco da ucraniana.

Em comum entre as duas jogadoras estava o plano de pressionar o segundo serviço da adversária. Foram quatro quebras, duas para cada lado, nos seis primeiros games da partida. Ostapenko ainda voltaria à frente do placar, mas perdeu a chance de fechar o set em seu serviço. No tiebreak, a letã tentou mexer a rival com muitas bolas cruzadas com o backhand e encontrou espaços para buscar os winners em quase todos os seus pontos.

Svitolina começou o segundo set com uma quebra, mas seguia com dificuldade para confirmar seus games de saque. Por três vezes durante o set, a ucraniana teve uma quebra de vantagem e não sustentou a liderança. A número 4 do mundo chegou a sacar para fechar quando vencia por 6/5, mas não aproveitou a chance.

O segundo tiebreak do jogo começou com uma boa devolução da ucraniana sobre o segundo saque da letã. Entretanto, a letã seguia batendo muito forte na bola e mandando nos pontos, chegando a vencer quatro pontos seguidos e garantiu a vitória em sets diretos. Ostapenko liderou a estatística de winners por 44 a 15 e cometeu 42 erros não-forçados contra apenas nove da rival.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis