Notícias | Dia a dia
Puig consegue virada incrível e derruba Wozniacki
24/03/2018 às 01h42

Puig venceu a primeira contra top 10 desde o ouro olímpico no Rio

Foto: Divulgação

Miami (EUA) - Um jogo que começou muito fácil para Caroline Wozniacki se transformou em um drama e terminou com a eliminação da dinamarquesa ainda na estreia do WTA Premier de Miami. Depois de vencer os sete primeiros games contra Monica Puig, a número 2 do mundo cedeu a virada à porto-riquenha que venceu por 0/6, 6/4 e 6/4 em 1h54 de partida.

A quarta vitória de Puig contra uma top 10 na carreira é a mais expressiva da porto-riquenha de 24 anos desde a conquista do Ouro Olímpico no Rio de Janeiro em 2016. Desde a medalha, ela havia perdido os cinco jogos que havia feito contra adversárias nos dez primeiros lugares do ranking. Ex-número 27, Puig aparece atualmente no 82º lugar e enfrentará a grega Maria Sakkari na terceira rodada em Miami.

Por sua vez, Wozniacki amarga uma eliminação na estreia um ano depois de ter sido finalista em Miami. Mesmo defendendo apenas 10 dos 650 pontos que tem a descontar, a dinamarquesa não deve ter tanto prejuízo no ranking. A única que pode ultrapassá-la é Garbiñe Muguruza, em caso de título na Flórida.

O primeiro set foi muito rápido. Wozniacki foi pouco ameaçada e não precisou sair de sua zona de conforto. A ex-líder do ranking fez apenas dois winners e contou com dezoito erros não-forçados da adversária para fechar a parcial em 25 minutos sem enfrentar break poits e com apenas cinco pontos perdidos no saque.

O game de abertura do segundo set já deu a entender que a dinâmica do jogo mudaria. Wozniacki salvou três break points, dois deles com ótimos saques, e precisou de 14 minutos para confirmar o serviço. Puig conseguiria a quebra no quinto game após uma ótima devolução cruzada com o backhand e evitou o empate ao salvar dois break points no game seguinte. A porto-riquenha ganhou moral e não teve mais o saque ameaçado até o fim do set.

Passava de meia-noite em Miami quando o terceiro set começou. Puig era empurrada pelos torcedores que permaneceram no Crandon Park a cada ponto que fazia e seguia jogando de forma agressiva. Diante da irregularidade no saque da dinamarquesa, a porto-riquenha venceu os dois primeiros games e criava diversas oportunidades de estabelecer uma margem mais confortável no placar.

Puig voltaria a quebrar e liderou por 4/1, mas fez um game de saque muito ruim e permitiu a reação de Wozniacki que venceu oito ponto seguidos e reduziu a desvantagem. Restava à campeã olímpica sacar para o jogo. Quando mais poderia sentir a pressão, a porto-riquenha foi firme do fundo de quadra e errou muito pouco para conquistar uma vitória que pode dar um novo rumo à sua carreira.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis