Notícias | Dia a dia
Venus cresce na hora certa e volta às quartas de final
13/03/2018 às 22h36

Venus repete resultado do ano passado e pode fazer a primeira semi desde 2001

Foto: Divulgação

Indian Wells (EUA) - Em uma partida muito equilibrada e decidida nos detalhes, Venus Williams cresceu nos momentos decisivos das duas parciais diante da letã Anastasija Sevastova. A número 8 do mundo precisou de 1h46 para marcar as parciais de 7/6 (8-6) e 6/4 contra a vigésima colocada para se garantir nas quartas de final.

Ainda em busca de um título inédito em Indian Wells, Venus já repete a campanha do ano passado. A veterana de 37 anos tenta fazer sua primeira semi no torneio esde 2001 e volta a atuar na próxima quinta-feira, quando enfrentará a vencedora da partida entre a convidada local Danielle Collins e a espanhola Carla Suárez Navarro.

Vinda de uma vitória sobre a irmã, Serena, na última segunda-feira, Venus só tinha duas vitórias na temporada antes de Indian Wells. Este é o primeiro torneio do ano que ela vence três jogos. Sua última boa campanha aconteceu no WTA Finals do ano passado, quando a norte-americana ficou com o vice-campeonato.

Quebrada em seus dois primeiros games de serviço, Venus demorou para encontrar um bom ritmo, tanto que cometeu 22 erros não-forçados no set inicial e enfrentou quatro break points. Aos poucos, a norte-americana passou a colocar mais saques em quadra e pressionar mais a adversária que abusava de seu estilo com slices e bolas curtas.

Depois de buscar o empate no oitavo game, Venus manteve o saque para forçar o tiebreak. O game-desempate, cujo placar sugere equilíbrio, teve a anfitriã à frente do placar durante a maior parte do tempo e ela aproveitaria a terceira chance de fechar a primeira parcial do jogo.

Sevastova quebrou no começo do segundo set e liderou por 3/0. Mas depois disso, Venus não teria mais o saque ameaçado e cedeu apenas mais quatro pontos em seus games de serviço. Por outro lado, a norte-americana vinha agressiva nas devoluções e conseguiu buscar o empate. A virada aconteceria no nono game, quando Venus chegou em duas bolas curtas da rival e venceu uma boa disputa na rede. Sacando para o jogo, definiu com autoridade sua classificação.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis