Notícias | Dia a dia
Serena revela que esteve 'muito perto' da morte
21/02/2018 às 09h45

Serena disputou partida de duplas na Fed Cup

Foto: Arquivo

Nova York (EUA) - Uma gravidez e um parto tranquilos se complicaram repentinamente e quase tiraram a vida da norte-americana Serena Williams. Ela própria contou o susto que levou em editorial escrito para a rede norte-americana CNN.

"Estive muito perto de morrer depois de dar a luz à minha filha Olympia", afirmou. "O parto foi fácil, através de uma cesária, mas 24 horas depois tive uma embolia pulmonar. Fiquei sem respiração, passei a tossir desesperadamente e a cicatriz da cirurgia se rompeu".

Segundo ela, os médicos encontraram um hematoma em seu abdômen e tiveram de levá-la de volta à mesa de operação para evitar que se formassem outros coágulos pulmonares. "Passei seis semanas na cama", revelou a ex-número 1 do mundo, que já havia tido embolia pulmonar em 2013, que agradeceu muito a dedicação da equipe médica.

Serena aproveitou a revelação para reivindicar melhores condições para as grávidas durante o parto não só nos Estados Unidos mas por todo o mundo. "Milhares de mulheres lutam para dar à luz em países pobres, sem instalações, medicamentes ou recursos humanos, o que gera a morte de milhares de bebês todos os dias. Mais de 80% poderiam ser evitados. Juntas podemos mudar isso".

Ela evitou falar sobre previsão de retorno às quadras, mas ainda se espera sua presença em Indian Wells, que começa dentro de duas semanas.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis