Notícias | Dia a dia
Halep faz quartas em Doha e pode voltar à liderança
15/02/2018 às 13h46

Halep pode retomar o número 1 ainda nesta quinta-feira se Wozniacki perder

Foto: Divulgação

Doha (Qatar) - Pouco mais de duas semanas depois de perder a liderança do ranking mundial para Caroline Wozniacki após a derrota na final do Australian Open, Simona Halep tem mais uma chance de voltar a ser número 1 do mundo depois de garantir seu lugar nas quartas de final do WTA Premier de Doha. A romena marcou as parciais de 6/4 e 6/3 contra a letã Anastasija Sevastova.

Halep pode retomar a primeira posição ainda nesta quinta-feira. Para isso, a romena teria que contar com uma vitória da compatriota Monica Niculescu sobre Caroline Wozniacki no complemento da programação. Caso a atual número 1, Halep teria que vencer um jogo a mais que a dinamarquesa em Doha, com possibilidade de um confronto direto na final.

A vitória no Qatar foi a quinta seguida de Halep sobre Sevastova. Agora, a romena venceu seis dos nove jogos que fez contra a letã de 27 anos e número 15 do ranking. Atuando contra uma rival que não tem tanto peso de bola e sabe usar variações de jogo, a romena foi a jogadora foi a jogadora mais agressiva em quadra, liderando a contagem de winners por 29 a 11 e cometendo apenas quatro erros a mais que sua adversária, 21 a 17.

Halep enfrenta nas quartas de final a norte-americana de apenas 18 anos Catherine Bellis, 48ª do ranking. Bellis, que veio do quali em Doha, destronou a tcheca Karolina Pliskova ao marcar 7/6 (7-4) e 6/3 contra a atual campeã do torneio. Esta foi a terceira vitória contra top 10 da carreira e a primeira sobre uma top 5 na carreira da jovem americana.

Sem condições de equiparar a potência do saque e dos golpes impostos pela tcheca, Bellis apostou em jogo firme do fundo de quadra, com trocas de bola mais longas e sustentadas com backhands na cruzada e muito spin para tirar Pliskova da zona de conforto. A estratégia deu certo e a número 5 do mundo fez 53 erros não-forçados em um jogo de 1h36. Nem mesmo o saque da tcheca foi tão eficiente, já que ela fez só quatro aces e oito duplas-faltas.

Outra ex-número 1 em quadra nesta quinta-feira foi Garbiñe Muguruza. Quarta colocada, a espanhola teve um início de jogo arrasador e quase se complicou na hora de fechar o jogo contra a romena Sorana Cirstea. Após a vitória por 6/0 e 6/4, Muguruza enfrenta nas quartas de final a francesa Caroline Garcia, que venceu a jovem russa de 19 anos Anna Blinkova por 7/6 (7-3) e 7/5.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis