Notícias | Dia a dia
Rogerinho cai na estreia da chave em Buenos Aires
13/02/2018 às 17h46

Próximo compromisso de Rogerinho será no Rio Open

Foto: Arquivo

Buenos Aires (Argentina) - Depois de passar por duas rodadas do qualificatório, Rogério Dutra Silva foi eliminado na estreia da chave principal do ATP 250 de Buenos Aires. Nesta terça-feira, Rogerinho perdeu de virada para o argentino Leonardo Mayer, 50º do mundo, com parciais de 6/7 (4-7), 6/2 e 6/4 em 2h21 de partida.

Atual 105º do ranking, Rogerinho ainda não venceu jogos em chaves principais de torneios em 2018. O paulista de 34 anos defendeu os 12 pontos obtidos no ano passado na capital argentina, mas esse número sequer aparece na lista de seus dezoito melhores resultados válidos ao longo do ano.

O próximo compromisso de Rogerinho será o Rio Open. Convidado pelos organizadores do ATP 500 disputado no saibro do Jockey Clube Brasileiro, o paulista pode até herdar uma vaga direta na chave com mais uma desistência ou se nenhum jogador entrar no torneio de última hora por Special Exempt ou pelos convites reservados à lista A+ da ATP.

Depois de conseguir uma quebra ainda no game de abertura da partida, Rogerinho não teria novas chances de ameaçar o serviço do argentino até o fim do primeiro set. Por outro lado, Mayer cirou sete oportunidades de quebra ao longo da parcial, aproveitando uma delas para buscar o empate.

O tiebreak do set inicial começou favorável ao argentino, que contou com uma dupla-falta do paulista para liderar por 3-0. Rogerinho reagiu vencendo quatro pontos seguidos, incluindo um winner de devolução e uma passada. O paulista ainda conseguiria outro ponto importante no saque de seu adversário após um erro não-forçado do argentino e definiu o set sacando bem.

Mayer foi implacável durante o segundo set. Com 84% de primeiros serviços em quadra, o argentino só perdeu três pontos em seus games de saque e não enfrentou break points. Rogerinho teve bons momentos, mas não acompanhava o ritmo imposto pelo argentino e permitiu duas quebras ao adversário.

Primeiro a quebrar no último set, Rogerinho chegou a liderar a parcial decisiva por 3/1 depois de uma dupla-falta do argentino, mas logo na sequência fez uma game de saque muito ruim. Mayer ganhou confiança, buscou o empate, pressionou muito o saque do paulista para voltar a quebrar e depois encaixou dois aces em um rápido game para ampliar a vantagem. Quando já perdia por 5/3, o paulista enfim voltou a confirmar o serviço, mas teve poucas chances contra o saque do adversário no fim do jogo.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis