Notícias | Dia a dia
Ucraniana de 15 anos surpreende também na Fed
10/02/2018 às 10h51

Kostyuk debutou na Fed Cup com boa vitória

Foto: SMP Images

Canberra (Austrália) - Depois de fazer barulho no Australian Open, onde se tornou a mais jovem tenista a alcançar a terceira rodada de um Grand Slam nos últimos 21 anos, a ucraniana Marta Kostyuk voltou a impressionar em terras australianas. Em sua estreia na Fed Cup, a tenista de apenas 15 anos já saiu vencendo sua primeira partida na competição.

Kostyuk não poderia dar seu primeiro passo na Fed mais pressionada, jogando fora de casa, com sua equipe perdendo por 1 a 0 na série contra a Austrália e ainda em um piso no qual só havia feito um jogo como profissional. Ela superou todos estes entraves e bateu, na grama de Canberra, a local Daria Gavrilova com parciais de 7/6 (7-3) e 6/3.

"Estou jogando um bom tênis. Um conto de fadas é mais quando acontece algo acontece de repente e você não sabe quando irá se repetir. Estou vivendo mais um grande torneio", comentou a jovem ucraniana, que anotou uma importante vitória na série, deixando tudo igual no primeiro dia. Isso porque, mais cedo, a australiana Ashleigh barty superou Lyudmyla Kichenok com 4/6, 6/1 e 6/4.

"Nós escolhemos a grama pois acreditamos que neste piso temos mais chance de derrotar a Ucrânia. Hoje eu não joguei meu melhor, mas acho que a superfície não foi um fator para isso. Kostyuk joga além do que sua idade indica e não tinha nada a perder, vindo com alguns golpes malucos que deram certo", analisou Gavrilova.

O capitão ucraniano Mikhail Filima saiu satisfeito com o 1 a 1 no primeiro dia e disse que foi até além das expectativas. "O primeiro jogo foi muito próximo. Depois, Marta elevou seu jogo e espero que siga assim amanhã (domingo), pois assim teremos chances", observou o comandante da equipe europeia.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis