Notícias | Dia a dia | Australian Open
Federer destaca importância do papel de Mirka
28/01/2018 às 17h59

Federer diz que sem Mirka poderia já ter parado

Foto: Divulgação

Melbourne (Austrália) - A cada vitória como a deste domingo, o suíço Roger Federer é questionado sobre os fatores que o fazem continuar jogando em um nível tão alto mesmo já com seus 36 anos de idade. Por de trás de toda sua determinação e vontade está um detalhe muito importante: a figura da família, que pode ser resumida, no seu caso, à esposa Miroslava Vavrinec.

"Fico feliz em ver meus pais aqui aproveitando o torneio, isso me deixa ainda melhor. Também tenho minha esposa, que torna tudo isso possível com seu apoio. Sem ela, não estaria jogando por tanto tempo, já teria parado anos atrás", comentou o 20 vezes campeão de Grand Slam após sua sexta conquista do Australian Open, batendo o croata Marin Cilic por 3 sets a 2 na decisão.

"Há alguns anos, tivemos uma conversa aberta para eu saber se ela estava feliz. Ver que ela está bem me deixa muito contente, e além do mais tenho todo seu apoio e seu trabalho incrível com as crianças. Não quero ficar longe delas por mais de duas semanas, se fosse assim não faria sentido para mim", complementou o número 2 do mundo.

Vítima do suíço na final, Cilic deu seu ponto de vista em relação ao segredo do sucesso de Federer. "Primeiro eu destacaria sua paixão por competir, temporada após temporada, em alto nível. Também há o desafio de se manter forte física e mentalmente a cada semana. Além disso, ele trabalha duro e tenta melhorar coisas que já faz muito bem", falou o croata.

Outro ponto importante salientado pelo tenista da Basileia é a escolha de um calendário sem exageros, principalmente na altura da carreira em que se encontra. "É importante não jogar demais, não disputar todo torneio possível. Gosto de treinar e não me importo de viajar. Tenho um grande time ao meu redor que me ajuda e faz tudo isso ser possível", declarou Federer.

Comentários