Notícias | Dia a dia | Australian Open
'Sonhei com este dia por anos', garante Wozniacki
27/01/2018 às 13h07

Wozniacki comemora volta ao número 1 após seis anos

Foto: Site oficial

Melbourne (Austrália) - Caroline Wozniacki era apenas sorrisos depois de tirar um grande peso das costas e enfim conquistar um troféu de Grand Slam, aos 27 anos. "Sonhei com este momento por tantos anos. Estar aqui com o troféu é um sonho que se torna realidade. Nunca choro, mas hoje foi um momento especial. Número 1 e campeã de Grand Slam me soa muito bem", brincou após faturar o Australian Open em duríssima final diante da romena Simona Halep.

"Sabia que ao final do jogo uma de nós estaria desapontada e triste. Posso imaginar como Simona está se sentindo. Eu do meu lado não queria pensar muito na vitória porque sabia o quanto iria doer se eu perdesse. Tentei apenas me focar e ficar calma", explicou. "Não vou mentir, entrei nervosa, mas depois do aquecimento eu vi que tinha tudo para ganhar desde que lutasse muito".

Wozniacki admitiu que o pedido de atendimento médico, justamente quando tinha acabado de ser quebrada com 4/3 no terceiro set, permitiu que ela refocasse no seu plano de jogo. "Precisava ser mais agressiva. Ela estava pegando a bola bem antes, então eu tinha de colocar mais pressão, dar um passo à frente e bater mais solta. Estava muito quente e nós duas cansadas", avaliou, sobre a temperatura que chegou a 32 graus na noite de Melbourne, com umidade acima de 70%. "Lutamos ao máximo e estou orgulhosa do que fiz.

A dinamarquesa lembrou do período de contusão que sofreu e das dúvidas que tinha sobre ainda se recuperar e voltar a jogar bem. "Em certos momentos, você começar a duvidar se estará novamente saudável, mas no último ano, ou talvez por um ano e meio, eu provei que posso ganhar de qualquer uma".

Comentários