Notícias | Dia a dia | Australian Open
Jeito de menino, Chung conquista torcida
24/01/2018 às 13h03

Melbourne (Austrália) – O sul-coreano Hyeon Chung, de 21 anos, virou estrela no Aberto da Austrália conforme foi avançando na competição, deixando para trás nomes como Alexander Zverev, cabeça 4, e seu ídolo Novak Djokovic. Os treinos do campeão do Next Gen ATP finals, em novembro passado, tornaram-se bastante concorridos e ele ganhou seus próprios guarda-costas.

Nesta quarta-feira, depois de eliminar o norte-americano Tennys Sandgren pelas quartas de final, o entrevistador Jim Courier lhe deu o microfone para falar em seu próprio idioma e agradecer à grande torcida coreana presente na quadra e aos que assistiam em seu país. Antes disso, Chung havia apontado e identificado seus familiares, amigos e o novo técnico Neville Godwin, sul-africano com quem foi treinar no calor de Bangcoc para se preparar para as competições na Nova Zelândia, onde atingiu as quartas, e Austrália.

"Nós mudamos algumas coisas técnicas no seu serviço e ele agora está muito mais confortável com isso", disse o treinador, que anteriormente havia trabalhado com o compatriota Kevin Anderson. Além desta revelação, Chung também contou em uma entrevista que prefere comida chinesa antes dos jogos porque a coreana é muito pesada.

Comentários