Notícias | Dia a dia | Australian Open
Svitolina revela lesão, mas não tira mérito da algoz
23/01/2018 às 07h45

Svitolina vem lidando com lesão no quadril desde Brisbane

Foto: Divulgação

Melbourne (Austrália) - Eliminada nas quartas de final do Australian Open, Elina Svitolina reconhece que não pôde mostrar seu melhor tênis no duelo diante da belga Elise Mertens. A ucraniana, número 4 do mundo, revelou que uma lesão no quadril limitou seus movimentos, especialmente para sacar, mas não tira o mérito da adversária que marcou uma vitória muito convincente.

"Hoje foi muito difícil para mim fisicamente. Eu não estava preparada para jogar um bom nível de tênis", disse Svitolina após a derrota por 6/4 e 6/0 nesta terça-feira. "Ela é uma grande jogadora e tem um bom nível e eu não consegui competir contra ela".

"Antes do torneio, tive alguns problemas com o meu quadril. Foi muito triste que hoje eu não me sentisse bem", explicou a ucranaina que venceu o WTA Premier de Brisbane na primeira semana do ano. "Eu comecei a sentir isso após a final em Brisbane. Então foi ficando pior e depois tive altos e baixos".

"Eu senti dor o tempo todo, mas com ficava bem com analgésicos", comentou a número 4 do mundo. "Sempre estava jogando com uma bandagem pesada por baixo do short. Às vezes estava tudo bem, mas hoje ela está jogando em alto nível".

"Ela não me deu oportunidades. Todo o crédito para ela, porque ela jogou um ótimo tênis hoje e não consegui competir com ela", comentou a jogadora de 23 anos que ainda não alcançou uma semi de Slam. "Foram muitos ralis longos e não pude forçar o saque. Hoje meu saque foi muito ruim e eu lhe dei essa chance de jogar bem".

Comentários