Notícias | Dia a dia | Australian Open
Após superar batalha, Halep joga demais e arrasa
22/01/2018 às 05h53

Halep teve bom aproveitamento nos break-points

Foto: Divulgação

Melbourne (Austrália) - Depois de passar aperto na terceira rodada e encarar uma batalha de quase quatro horas contra a norte-americana Lauren Davis, a romena Simona Halep tratou de mostrar que está totalmente recuperada. Nesta segunda-feira, ela encarou a japonesa Naomi Osaka pelas oitavas de final e mostrou um grande nível de tênis, arrasando a rival com parciais de 6/3 e 6/2, em 1h19.

Classificada para as quartas de final, a número 1 do mundo já iguala suas melhores campanhas da carreira no Australian Open, tendo chegado a esta mesma fase também em 2014 e 2015. Sua próxima adversária ainda não está definida e sairá do confronto 100% tcheco entre Karolina Pliskova e Barbora Strycova. A romena tem 5 a 1 no retrospecto contra a primeira e 4 a 1 contra a outra.

Osaka conseguiu fazer frente a Halep durante boa parte do primeiro set e só foi começar a se complicar no sétimo game, quando amargou a primeira quebra. Depois disso, a romena confirmou o serviço e voltou a bater o saque da jovem japonesa para fechar a parcial e largar na frente.

No começo do segundo set, a nipônica de 20 anos até esboçou uma reação ao quebrar a adversária, só que a reviravolta parou por aí. Halep jogou muito bem, mostrou por que é a líder do ranking e engatou uma sequência de quatro games, com dois breaks a seu favor para abrir 4/1. Ela ainda voltou a superar o serviço de Osaka para sacramentar sua terceira vitória em três embates.

Apesar dos cinco aces, Osaka não foi tão bem no saque e venceu somente 50% dos pontos disputados, contra 62% da adversária. As bolas vencedoras foram as mesmas 22 para ambos os lados, mas Halep se mostrou muito mais consistente e desperdiçou apenas 18 pontos em erros não forçados, contra 31 da japonesa, que teve sete break-points a seu favor e só converteu um, enquanto a romena aproveitou quatro com as mesmas sete chances.

Comentários