Notícias | Dia a dia | Australian Open
Dimitrov estreia com firmeza no Australian Open
15/01/2018 às 04h48

Dimitrov teve trabalho para acertar o primeiro saque

Foto: Divulgação

Melbourne (Austrália) - Terceiro favorito na chave do Australian Open, o búlgaro Grigor Dimitrov não deu brechas para surpresas em sua estreia na competição. Encarando o quali austríaco Denis Novak nesta segunda-feira, ele mostrou bastante firmeza e superou seu primeiro obstáculo nas quadras do Melbourne Park em sets diretos, com placar final de 6/3, 6/2 e 6/1, em 1h38 de jogo.

O próximo desafio de Dimitrov será também contra um adversário vindo do classificatório, já que ele espera agora pelo vencedor do duelo de qualis envolvendo o norte-americano Mackenzie McDonald, de 22 anos e atual 186 do mundo, e o sueco Elias Ymer, de 21 anos e atual 140 do mundo. Ele nunca enfrentou McDonald, mas já cruzou com Ymer e venceu no saibro de Bastad, cinco anos atrás.

Apesar da vitória sem sustos na primeira rodada, o tenista de Haskovo não teve grande apresentação com o saque, colocou apenas 55% das primeiras bolas em quadra e cometeu sete duplas faltas. Mesmo assim, Dimitrov não sofreu quebras, salvou os dois break-points que teve contra e aproveitou seis dos 14 que conseguiu a seu favor.

Cabeça de chave número 10, o espanhol Pablo Carreño encarou um pouco mais de resistência em seu primeiro jogo no Australian Open e acabou deixando um set na vitória sobre o convidado da casa Jason Kubler, 243º no ranking da ATP, fechando o jogo com parciais de 7/5, 4/6, 7/5 e 6/1, depois de 3h31 de partida. Ele espera agora pelo vencedor da partida entre o francês Gilles Simon e o romeno Marius Copil.

O alemão Philipp Kohlschreiber não fez valer a condição de 27º pré-classificado e parou na estreia. Seu algoz foi o japonês Yoshihito Nishioka, que levou a melhor no embate de cinco sets e 2h39 de duração, fechando com parciais de 6/3, 2/6, 6/0, 1/6 e 6/2. Na próxima rodada, o nipônico enfrentará o italiano Andreas Seppi, algoz do convidado francês Corentin Moutet em virada com placar final de 3/6, 6/4, 6/2 e 6/2.

Comentários