Notícias | Dia a dia | Australian Open
Konta destaca competitividade do circuito feminino
14/01/2018 às 15h43

Britânica acredita que há muitas jogadoras em condições de lutar por títulos

Foto: Divulgação

Melbourne (Austrália) - Como já fizeram Agnieszka Radwanska e Caroline Wozniacki em oportunidades anteriores, Johanna Konta foi mais uma jogadora a destacar o quanto o circuito feminino é competitivo. A britânica, número 10 do mundo, expôs sua visão ao ser perguntada se considerava a chave do Australian Open aberta por conta da ausência de Serena Williams.

"Sempre que me fazem essa pergunta parece que estou me deparando com uma situação negativa, em vez de reconhecer quantas grandes jogadoras temos", disse Konta em entrevista coletiva no último sábado em Melbourne.

"Os campeonatos estão abertos porque há muitas ótimas jogadoras. O tênis feminino ficou muito forte nos últimos anos", explica a britânica, que já foi semifinalista em Melbourne em 2016.

"Você vê isso em todas as rodadas de todos torneios. Não existe um caminho livre até as quartas ou semis. Isso não existe", afirma a jogadora de 26 anos, que cita os dois primeiros torneios que disputou na temproada como exemplo.

"Isso não é específico para um Grand Slam. Em Brisbane eu joguei contra a Madison Keys na primeira rodada, em Sydney eu joguei contra Agnieszka [Radwanska]", lembrou a britânica.

"É emocionante para os fãs que compraram ingressos. Eles sabem que para qualquer dia que eles forem ao torneio, haverá grandes jogos. É para isso que eles pagam o seu dinheiro, para ver um divertido jogo de tênis. Eu acho que estamos fornecendo esse entretenimento", complementou.

Konta trocou de técnico para a nova temporada, encerrando a relação profissional com Wim Fissette e iniciando um novo trabalho com Michael Joyce. "É difícil fazer uma comparação completa, porque sempre mudo um pouco a minha abordagem", explicou. "Mas ele é bem tranquilo e foi um jogador, então ele fala sobre muitas coisas na perspectiva de quando ele também jogava. Eu acho que ele pode se identificar muito com alguns dos desafios e dificuldades que você enfrenta antes do torneio, nos jogos ou mesmo nos treinos".

Depois de ter abandonado seu jogo das quartas de final em Brisbane contra Elina Svitolina por lesão no quadril, Konta garante que está bem fisicamente para estrear em Melbourne. Sua primeira adversária será a norte-americana Madison Brengle. "O que aconteceu em Brisbane realmente melhorou muito rápido, mais rápido do que eu pensava. Também fui bem na minha partida em Sydney. Desde então, estou apenas cuidando do corpo como de costume. Sim, até agora está tudo bem".

Comentários