Notícias | Dia a dia | Australian Open
Brasil terá três representantes na dupla no AO
05/01/2018 às 16h24

Melbourne (Austrália) - Saiu nesta sexta-feira a lista de duplas do Australian Open e o Brasil contará com três representantes na chave principal. Atual líder do ranking, o mineiro Marcelo Melo será o cabeça de chave número 1 no primeiro Grand Slam da temporada, mantendo a parceria de sucesso com o polonês Lukasz Kubot. 

Outro que segue firme com o mesmo parceiro do ano passado é o mineiro Bruno Soares, que também vai figurar entre os principais pré-classificados da chave de duplas. Ele e o britânico Jamie Murray, que ficaram com o vice-campeonato no ATP 250 de Doha na primeira semana da temporada, entraram em Melbourne como a quinta melhor dupla. 

A derradeira vaga brasileira ficou com o gaúcho Marcelo Demoliner, que diferente dos dois mineiros não terá a seu lado o mesmo companheiro do ano anterior. Ele rompeu com o neozelandês Marcus Daniell e agora tentará a sorte no Slam australiano com o filipino Treat Huey, com quem jogará na semana anterior ao torneio. 

Campeões em 2016, Soares e Murray buscam o segundo título na Austrália, mas na temporada passada eles não foram bem e caíram logo na estreia. Já Melo e Kubot foram um pouco mais longe em 2017, parando nas oitavas de final. 

Os três brasileiros garantidos na chave de duplas em Melbourne podem se tornar quatro caso o paulista Rogério Silva consiga entrar em cima da hora. Ele se inscreveu ao lado do eslovaco Lukas Lacko e a parceria ficou em quinto na lista de espera, atrás de Marton Fucsovics/Yoshihito Nishioka, Matthew Ebden/John Millman, Ivo Karlovic/Antonio Sancic e James Cerretani/Ken Skupski. 

Comentários