Notícias | Dia a dia
Halep, Muguruza e Wozniacki lutam pelo número 1
01/01/2018 às 17h06

Se for campeã em Shenzhen, Halep mantém o número 1 sem depender das rivais

Foto: Arquivo

Miami (EUA) - Embora estejam em três torneios diferentes na primeira semana do ano, Simona Halep, Garbiñe Muguruza e Caroline Wozniacki lutam pela primeira posição de número 1 do mundo. A disputa ganha mais importância já que o ranking da próxima segunda-feira definirá quem será a principal cabeça de chave do Australian Open.

Atual número 1 do mundo, Halep foi a única que já estreou na temporada. A romena venceu seu primeiro jogo no WTA de Shenzhen na madrugada desta segunda-feira, quando marcou 6/4 e 6/1 contra a norte-americana Nicole Gibbs e volta a jogar na quarta-feira contra a chinesa Ying-Ying Duan.

Um eventual título no torneio chinês manteria a romena na liderança independentemente dos resultados de suas duas concorrentes nos outros dois torneios da semana.

Já Muguruza optou por iniciar a temporada no WTA Premier de Brisbane, onde foi semifinalista no ano passado. A espanhola joga às 23h (de Brasília) desta segunda-feira contra a sérvia Aleksandra Krunic.

Depois de ter liderado o ranking por quatro semanas em 2017, Muguruza terá chances de voltar à primeira posição se chegar à final em Brisbane. Se for campeã do torneio australiano, a espanhola obrigaria a romena a fazer o mesmo em Shenzhen para não perder a liderança. Já no caso de um vice-campeonato em Brisbane, ela seria a número 1 desde que Halep não seja semifinalista na China.

Para Caroline Wozniacki, que estreia no WTA de Auckland a partir das 4h (de Brasíla) desta terça-feira contra a norte-americana Madison Brengle, só uma combinação de resultados interessa. A dinamarquesa precisa do título na Nova Zelândia e torcer para que Muguruza não chegue à final em Brisbane e Halep não alcance as quartas em Shenzhen.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis