Notícias | Dia a dia
'Serena pode voltar com tudo', afirma Stosur
27/12/2017 às 16h55

Serena é a atual campeã do Australian Open

Foto: Arquivo

Brisbane (Austrália) - A lista de feitos da norte-americana Serena Williams é de fazer inveja a qualquer jogadora não apenas do circuito atual, mas também boa parte daquelas que construíram a história do tênis feminino. Por essas e outras é que a australiana Samantha Stosur diz não duvidar da capacidade da ex-número 1 do mundo.

Campeã do Australian Open em 2017, a caçula das irmãs Williams fez uma pausa na carreira para dar a luz a sua primeira filha e não joga desde o título em Melbourne, conquistado quando já estava grávida. Um ano depois ela voltará às quadras e mesmo com todo esse tempo sem jogar não é carta fora do baralho para Stosur.

"Acho que seria incrível se Serena conseguisse o título, seria um dos retornos mais rápidos de todos os tempos. Se derem a chance, com certeza era irá agarrá-la. Não espero que ela tenha se disposto a vir para cá sem acreditar que está pronta e podendo dar o seu melhor", afirmou a australiana em entrevista ao Herald Sun.

"Se tem alguém que pode voltar assim esta é Serena e eu nunca apostaria contra ela", acrescentou Stosur, que tenta não repetir a eliminação logo na estreia em Melbourne. "Quero ir longe, isso seria demais, mas também não vou deixar que pese demais no ano que terei pela frente", disse a atual número 41 do mundo.

Caso vença o Australian Open, a norte-americana acumulará algumas façanhas em um feito só. Um deles seria igualar o recorde da australiana Margaret Court, que tem 24 títulos de Grand Slam. Outro seria se tornar a quarta mãe (e a mais velha da lista) a vencer um dos quatro principais torneios, algo que só Court, a compatriota Evonne Goolagong e a belga Kim Clijsetrs conseguiram.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis