Notícias | Dia a dia
Ostapenko terá técnico australiano em 2018
15/12/2017 às 17h24

Ostapenko terá a companhia do experiente treinador David Taylor

Foto: Arquivo

Riga (Letônia) - Depois de viver a melhor temporada de sua carreira, ao saltar do 43º para o sétimo lugar no ranking e conquistar o troféu de Roland Garros, Jelena Ostapenko já definiu quem será seu novo técnico. A jovem letã será treinada pelo australiano de 45 anos David Taylor no início do próximo ano.

Ostapenko encerrou a relação profissional com a espanhola Anabel Medina Garrigues, que foi integrada à sua equipe durante a temporada de saibro e a auxiliou no caminho para seu primeiro Grand Slam. Medina Garrigues será a nova capitã da Espanha na Fed Cup.

"Nossa cooperação com Anabel e chegou ao fim e não vou trabalhar com ela na próxima temporada. Minha mãe Jelena Jakovleva sempre será minha treindadora principal, mas eu irei treinar com o australiano David Taylor por duas semanas", disse Ostapenko.

A letã de apenas 20 anos iniciará a próxima temporada nos torneios de Shenzhen e Sydney, antes de partir para Melbourne, onde lutará por seu segundo troféu de Grand Slam. Depois do Australian Open, ela poderá ajudar seu país no Zonal Euro-Africano I da Fed Cup, que acontece na Estônia, mas ainda não definiu se irá participar da competição entre nações.

O técnico David Taylor esteve ao lado de Samantha Stosur na campanha da australiana para o título do US Open de 2011. Recentemente, o treinador acompanhava a japonesa Naomi Osaka, que agora será treinada por Sascha Bajin, ex-integrante das equipes de Serena Williams, Victoria Azarenka e Caroline Wozniacki.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis