Notícias | Dia a dia
Melo quer conquistar mais um Grand Slam em 2018
06/12/2017 às 13h54

Melo celebrou o fim do ano na ponta do ranking

Foto: Marcelo Pereira / Divulgação

São Paulo (SP) - O mineiro Marcelo Melo encerrou 2017 comemorando a melhor temporada de sua carreira. Foram seis títulos, 10 finais e o número 1 do mundo em dois rankings – no individual de duplas e, ao lado do polonês Lukasz Kubot, como melhor parceria de 2017. Nesta quarta-feira ele concedeu entrevista coletiva, na qual fez um balanço do ano e falou da próxima temporada.

“Foi uma temporada extremamente positiva, com a conquista de Wimbledon, um torneio tão especial, tão tradicional, que sempre quis vencer, de três Masters 1000, o posto de número 1 do mundo novamente, tanto no individual, quanto ao lado de Kubot. Temos muito a comemorar", afirmou Marcelo, que já traças as metas para 2018.

"Viajo dia 3 de janeiro para a Austrália para começar mais uma temporada. Nosso objetivo é continuar mantendo um alto nível da dupla, evoluindo sempre. E ir em busca de alguns títulos inéditos, quem sabe com a conquista de mais um Grand Slam, como o Australian Open, torneio que gosto muito de jogar, e do ATP Finals, que neste ano ficamos com o vice", completou o mineiro.

Em sua primeira temporada ao lado de Kubot, os resultados foram muito positivos. Os dois terminaram o ano como os melhores do mundo e Melo encerrou 2017 no primeiro lugar no ranking mundial individual de duplas.

Melo e Kubot fecharam o ano com o vice-campeonato do ATP Finals, sendo que ao longo da temporada comemoraram seis títulos, com destaque para Wimbledon, e também aos três Masters 1000 (Miami, Madri e Paris).

A parceria mineiro-polonesa inicia a temporada 2018 no ATP 250 de Sidney, na Austrália, a partir do dia 8 de janeiro. Na sequência, jogam o primeiro Grand Slam do ano, o Australian Open, entre os dias 15 e 28, em Melbourne. Em fevereiro, Melo e Kubot disputam o ATP 500 de Roterdã, na Holanda, que começa no dia 12.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis