Notícias | Dia a dia
Shapovalov desbanca Raonic em prêmio no Canadá
05/12/2017 às 12h03

Shapovalov começou o ano como 250 do mundo

Foto: Arquivo

Toronto (Canadá) - Depois de seis anos seguidos vencendo o prêmio de melhor tenista do ano, desta vez Milos Raonic ficou com as mãos abanando. Em 2017 o escolhido foi o promissor Denis Shapovalov, que levou a premiação dada pela Tennis Canada.

A federação reconheceu o grande ano de Shapovalov, que com seus 18 anos surpreendeu a todos no Masters 1000 de Montréal e foi até as semifinais, derrubando nomes de pelo no caminho, como o do espanhol Rafael Nadal e do argentino Juan Martin del Potro.

O jovem canadense manteve o ritmo no US Open, onde conseguiu ir às oitavas de final, eliminando desta vez o francês Jo-Wilfried Tsonga em sua campanha em Flushing Meadows. Estes resultados o fizeram disparar no ranking, não só entrando pela primeira vez no top 100, mas também no top 50.

Shapovalov acabou 2017 ocupando a 51ª colocação no ranking, ainda assim abaixo de Raonic, que aparece como o 24º do mundo, mas que conviveu com uma série de lesões na temporada e acabou ficando muito tempo longe do circuito.

"Humildemente, agradeço por ter sido reconhecido como o melhor jogador do ano pela federação. Tive a oportunidade de representar o meu país como membro do time na Copa Davis e também nas partidas da ATP", disse Shapovalov através de um comunicado.

Esta é a terceira premiação vencida pelo canadense em 2017. Mais jovem na atualidade a figurar no atual top 100, ele foi escolhido a "Estrela do Amanhã" e também o "Tenista que Mais Evoluiu" pela ATP.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis