Notícias | Dia a dia
Nadal leva prêmio de maior esportista espanhol
05/12/2017 às 10h38

Nadal fez questão de destacar os pioneiros do esporte

Foto: Reprodução/AS

Madri (Espanha) - O espanhol Rafael Nadal mais uma vez foi premiado em seu país natal. Desta vez o número 1 do mundo recebeu um troféu do jornal AS, que completa 50 anos e que escolheu o tenista de Mallorca como o maior esportista da nação neste período da publicação, em cerimônia que contou com a presença do rei da Espanha.

"Em primeiro lugar, gostaria de agradecer a vossas majestades os reis, que estão presidindo esta festa, em segundo lugar, dar os parabéns a todos os outros premiados. Somos muitos os esportistas premiados, mas tenho que fazer uma menção a todos os que vieram antes, pois foram eles que construíram o nosso caminho", disse o canhoto de Mallorca.

Depois de ser laureado, Nadal falou um pouco em ser considerado o melhor esportista espanhol da história. "Estou consciente de que estou em um grupo seleto, mas não gosto de falar de mim mesmo. Na Espanha temos gente com muitos méritos. Sei que conquistei muitas coisas, mas há aqueles em outros esportes que foram pioneiros e merecem seu valor", observou.

"Severiano Ballesteros foi uma referência no golfe mundial quando não se falava nada deste esporte aqui. Há também Miguel Indurain (ciclista) e vários outros", acrescentou Nadal, que destacou a medalha de ouro de Fermín Cacho nos 1.500m dos Jogos Olímpicos de Barcelona como uma das melhores lembranças no esporte. "Tinha apenas seis anos, mas fiquei muito emocionado", disse.

Nadal aproveitou para falar do esporte que tanto ama e apontou dois momentos que o marcaram, mas desta vez sem envolver o seu país. "Um deles foi a vitória de Goran Ivanisevic em Wimbledon, que foi muito bonita. Tem também o triunfo de Roger Federer em Roland Garros, que ele merecia havia anos".

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis