Notícias | Copa Davis
Franceses festejam o título e aproveitam momento
26/11/2017 às 20h22
Publicidade
Publicidade

Franceses não venciam a Davis desde 2001

Foto: Divulgação

Lille (França) - Não poderia se esperar outra coisa da equipe francesa após encerrar um jejum de 16 anos na Copa Davis que não uma festa e a total empolgação de todos os que participaram da conquista concretizada neste domingo. Coube a Lucas Pouille o título de herói nacional com a vitória por 3 sets a 0 contra o belga Steve Darcis no quinto e decisivo jogo.

"Estou muito orgulhoso de meu time, queríamos muito este troféu e finalmente conseguimos depois de 16 anos. É uma situação emocionante para mim, pois jogava não apenas para todo esse público, mas diante de minha família e meus amigos. Sinto que estou em um outro mundo agora", comemorou o tenista natural de Grande-Synthe, cidade a 75 km de Lille.

Apesar do clima de festa, Pouille reconheceu que estava nervoso antes do embate com Darcis. "Eu fiquei um pouco relutante, mas no final consegui me controlar. Coloquei a cabeça no lugar e entrei em quadra determinado a conquistar este título para o nosso time", revelou o francês.

O capitão francês Yannick Noah fez questão de destacar o feito de Pouille, que levou a França ao décimo título na Davis e o primeiro desde 2001. "Que grande final! Ver Lucas jogar em sua cidade natal e vencer o último jogo da Copa Davis, jogando daquela maneira, é uma coisa linda", disse o comandante dos campeões.

Deixado de fora de última hora para a disputa da final, Nicolas Mahut colocou de lado a frustração e celebrou a conquista. "Esperamos por muitos anos para erguer este troféu mais uma vez, foram mais de 15 anos esperando por isso, o que é um período muito longo. Muitos jogadores passaram pelo time ano após ano e não conseguiram vencer, por isso essa semana é especial e temos que aproveitar o momento".

Comentários