Notícias | Copa Davis
Goffin lamenta derrota apesar de grande atuação
26/11/2017 às 19h37
Publicidade
Publicidade

Goffin não conseguiu levar a Bélgica ao título

Foto: Divulgação

Lille (França) - Nem mesmo em um fim de semana inspirado David Goffin foi capaz de levar a Bélgica ao título da Copa Davis. Ele fez a sua parte, venceu os dois jogos de simples que disputou, mas nas outras três partidas quem saiu vitorioso foram os franceses, que acabaram faturando o título com o triunfo de Lucas Pouille sobre Steve Darcis no quinto e último jogo.

"É uma pena o que aconteceu mesmo eu tendo jogado bem minhas duas partidas. Quando o time perde, todos saímos desapontados. Demos tudo o que podíamos e é duro ver o ano terminar assim", observou Goffin, que vinha embalado pelo vice-campeonato no ATP Finals, onde chegou a bater o espanhol Rafael Nadal e o suíço Roger Federer.

A ótima atuação de Goffin nesta decsião lhe rendeu elogios de uma das lendas do tênis belga, a ex-número 1 do mundo Justine Henin. "O melhor jogador deste fim de semana estava no lado belga", declarou a dona de sete títulos de Grand Slam.

"Joguei o meu melhor tênis e saio com o sentimento de que fiz a minha parte", disse o belga, que já pensa no caminho que ele e sua equipe terão na próxima temporada, tentando uma conquista inédita para a nação. "Temos um jogo dentro de casa na primeira rodada no próximo ano, então vamos ver no que pode dar", falou Goffin.

O capitão Johan Van Herck também adotou um discurso de pensamento positivo. "Tenho certeza que ainda podemos vencer uma Copa Davis", garantiu o comandante belga. Já a fala de Darcis, derrotado no jogo decisivo, foi um pouco menos efusiva. "Joguei mal e estou chateado com meu desempenho", lamentou o número 2 da Bélgica.

Comentários