Notícias | Copa Davis
Goffin diz que franceses são favoritos na Davis
22/11/2017 às 14h49

Goffin lidera a Bélgica em busca do título inédito na Davis

Foto: Corinne Dubreuil/ITF

Lille (França) - Principal nome da equipe da Bélgica na busca pelo título inédito na Copa Davis, David Goffin reconhece que o favoritismo na disputa do próximo fim de semana é da França. Os franceses, que lutam pela décima conquista, sendo a primeira desde 2001, sediam as finais em quadra dura e coberta instalada no Stade Pierre Mauroy, em Lille.

"É um evento muito importante para nós e para o nosso país. Seria incrível voltar para casa com o troféu, mas não somos os favoritos. Não temos quase nada a perder aqui", disse Goffin em entrevista coletiva na última terça-feira.

"Estamos na França e o estádio estará contra nós, então devemos dar tudo para este último torneio do ano. Seria inacreditável para nós e para o país se termiarmos o ano com o título", acrescenta o número 7 do mundo, que vem do vice-campeonato no ATP Finals.

O discurso de jogar o favoritismo para os adversários é alinhado com o do capitão Johan Van Herck. "Acho que o time francês é o favorito. Eles jogam em casa e, por isso, terão uma vantagem".

"Mas temos um bom time para a Copa Davis e vamos desafiá-los. Acho que será uma duelo muito interessante, mas eles começam como favoritos", reiterou o capitão. "Vamos ver como as coisas caminham nesta semana, mas acho que podemos fazer um grande duelo contra eles".

Goffin terá a companhia de Steve Darcis, Ruben Bemelmans e Arthur De Greef no time que desafia a França de Jo-Wilfried Tsonga, Lucas Pouille, Pierre-Hugues Herbert e Nicolas Mahut. O time francês é capitaneado por Yannick Noah, que já comandou o país em outras duas campanhas vitoriosas nos anos de 1991 e 1996.

Comentários