Notícias | Dia a dia
Muguruza quer voltar ao número 1 e permanecer lá
21/11/2017 às 09h34

Muguruza liderou o ranking por quatro semanas

Foto: Arquivo

Madri (Espanha) - Atual número 2 do mundo, a espanhola Garbiñe Muguruza foi uma das cinco jogadoras que chegou a liderar o ranking da WTA nesta temporada. Campeã de Wimbledon, ela revelou em entrevista à um programa da rádio Cadena SER que pretende voltar ao topo do ranking no próximo ano, mas desta vez para ficar bem mais tempo.

"Muitas jogadoras podem liderar o ranking. Antes dominavam as Williams e agora teve uma rotatividade maior. Fiquei muito feliz por ter conseguido chegar lá neste ano, mas no próximo eu quero recuperá-lo e que dure mais", comentou a espanhola, que passou apenas quatro semanas como número 1 do mundo.

Para voltar a comandar a WTA, Muguruza sabe que precisa evoluir como jogadora e acrescentar novas armas ao seu tênis. "Quero ser mais constante, embora já tenha melhorado muito nisso. Tenho que acertar uns detalhes, sobretudo ser mais rápida com as pernas, melhorar o voleio e o saque", analisou.

Uma coisa que ela garante que não perderá é a agressividade. "Minha personalidade e forma de jogar não é baseada na constância, sou mais agressiva e gosto de correr riscos", falou Muguruza, que demorou muito tempo para decidir a nacionalidade que iria defender. Filha de mãe venezuelana e pai espanhol, ela acabou optando por defender o país europeu e garante não se arrepender.

"Foi difícil, tenho parte das duas e levei anos para decidir. Queria sentir que tomava a decisão correta e no final fiquei muito orgulhosa. Segui meu instinto", observou a espanhola, que também falou sobre sua relação com Conchita Martinez, um dos seus trunfos para a conquista de Wimbledon neste ano.

"Eu a conheço faz muito tempo e sempre nos conectamos de forma natural. Encontramos uma situação de frescura, ela com sua tranquilidade e experiência e eu com minha vontade de vencer. Foi algo muito benéfico", disse Muguruza, que tem como treinador principal o francês Sam Sumyk.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis