Notícias | Dia a dia
Vandeweghe marca 1º ponto americano na final da Fed
11/11/2017 às 11h48

Vandeweghe venceu os cinco jogos de Fed Cup que fez na temporada

Foto: Divulgação

Minsk (Belarus) - Jogadora com melhor ranking entre as oito participantes das finais da Fed Cup neste final de semana, a norte-americana CoCo Vandeweghe marcou o primeiro ponto para os Estados Unidos na decisão diante de Belarus em Minsk. A número 10 do mundo venceu a anfitriã Aliaksandra Sasnovich, 87ª colocada, por duplo 6/4 em 1h31 de jogo.

A partida deste sábado envolvia duas jogadoras que estavam invictas em partidas de simples na Fed Cup na temporada. Com o resultado, Vandeweghe permanece sem perder pela competição em 2017, acumulando cinco vitórias seguidas. A norte-americana pode ser a nona mulher a conquistar o título vencendo todos os seis jogos de simples.

Maiores vencedores da Fed Cup, os Estados Unidos possuem dezessete conquistas. A equipe americana, entretanto, amarga um jejum de títulos desde o ano 2000 e perdeu as últimas três finais que fez. Já o time bielorrusso chega à final da competição exatamente no ano em que estreia no Grupo Mundial. A rodada deste sábado continua com o jogo entre Aryna Sabalenka e Sloane Stephens.

Vandeweghe quebrou logo no game de abertura e se aproveitou de seu bom saque e do estilo de jogo agressivo para não ser ameaçada durante o set inicial. A norte-americana sequer enfrentou break points durante o primeiro set e cedeu apenas oito pontos em seus games de serviço.

Sasnovich já dava sinais de melhora, ainda que não conseguisse colocar tanta pressão sobre o saque da americana. Mesmo sofrendo uma quebra também no começo do segundo set, a jogadora da casa manteve a intensidade e um jogo firme para buscar o empate de imediato.

Entretanto, Vandeweghe soune explorar o segundo saque da bielorrussa para vencer cinco pontos em sete possíveis e criar novas oportunidades de quebra. A americana liderou por 4/2, cedeu novamente o empate, mas voltaria a quebrar antes de definir a partida sacando muito bem. Ela liderou nos aces por 8 a 2 e fez o dobro de winners de sua adversária, 12 contra apenas 6.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis