Notícias | Dia a dia
Pliskova está satisfeita com seu grupo no Finals
21/10/2017 às 17h59

Pliskova está acompanhada da treinadora Rennae Stubbs em Cingapura

Foto: Divulgação

Cingapura (Cingapura) - O sorteio das chaves no WTA Finals acabou agrupando tenistas de estilo de jogo parecidos. Enquanto o Grupo Vermelho tem atletas que apostam na solidez do fundo de quadra, o Grupo Branco tem quatro nomes que preferem o tênis agressivo. Para Karolina Pliskova, que está no Grupo Branco, a chave ao lado de Venus Williams, Garbiñe Muguruza e Jelena Ostapenko é a ideal.

"Eu não sei o que as outras meninas preferem, mas estou feliz com meu grupo", disse Pliskova. A tcheca está no Finals acompanhada da treinadora australiana Rennae Stubbs, que substitui seu ex-técnico David Kotyza.

"Penso que o meu grupo tem jogadoras mais agressivas e o outro é mais defensivo. Gosto mais e acho que jogo melhor contra essas jogadoras. Já joguei contra todas elas algumas vezes e prefiro esse estilo de jogo", acrescentou.

Número 3 do mundo, Pliskova estreia às 7h (de Brasília) contra a quinta colocada Venus. A tcheca de 25 anos levou a melhor no último encontro, no US Open do ano passado, e perdeu para a americana na cidade chinesa de Zhuhai em 2015.

"Eu estreio contra a Venus, que eu venci na última vez salvando um match point e perdi na outra vez em uma partida muito equilibrada. Será um jogo muito aberto", avaliou a ex-líder do ranking sobre sua primeira adversária no Finals.

Pliskova lidera o histórico contra Muguruza por 6 a 2, embora tenha perdido o último encontro em Cincinnati, e venceu nas duas vezes em que enfrentou Ostapenko. "Garbiñe, obviamente, teve um ótimo ano e perdi meu último jogo contra ela", disse a tcheca. "A Ostapenko também teve um ótimo ano e nos encontramos pela última vez em Melbourne. Acho que não é um grupo fácil. Não há adversária fácil aqui, mas eu prefiro o meu grupo".

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis